Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Efacec carrega Porsche eléctrico com potência recorde

A Efacec ganhou um “significativo” contrato com a Porsche para o fornecimento de carregadores rápidos para os veículos eléctricos daquela marca do grupo VW. Serão os primeiros no mundo com potência de 320 KW.

Pedro Trindade
  • Assine já 1€/1 mês
  • 19
  • ...
A Efacec, líder mundial no mercado de infra-estruturas de carregamento rápido para veículos eléctricos, acaba de ganhar um "significativo" contrato com a Porsche para o fornecimento, "chave-na-mão", de instalações deste tipo de equipamento em diferentes locais na Europa.

Os carregadores "made in" Efacec destinam-se ao uso interno da Porsche para veículos eléctricos com tensão elevada e potência de 320 quilowatts (KW) por saída. "Actualmente, os veículos eléctricos usam 50 KW para carga rápida, pelo que estes equipamentos são os primeiros no mundo a disponibilizar aquela potência", realçou Ângelo Ramalho, CEO da empresa portuguesa, em declarações ao Negócios.

O gestor sublinhou que a escolha da Efacec pela Porsche, que ocorreu "após renhida competição internacional", veio "reforçar"  o posicionamento da empresa de Matosinhos na "liderança do mercado em carga rápida de veículos eléctricos a nível global". A Efacec tem equipamentos seus em operação em dezenas de países, com destaque para a Europa e Estados Unidos, assim como em várias outras geografias, como no Médio Oriente, na América Latina, na Ásia e em África.

Para além da carga rápida, frisou Ângelo Ramalho, "a oferta da Efacec é completa", incluindo soluções para carga privada e pública e também com oferta de soluções para transportes públicos.

A carga rápida de um veículo eléctrico permite que os seus utilizadores "se possam deslocar sem receio de ficar sem autonomia, pois em pouco tempo podem recarregar a bateria do seu veículo, enquanto fazem uma pequena pausa", explicou o CEO da Efacec.

A introdução no mercado de veículos com autonomia elevada criou a necessidade de carregadores mais potentes, capazes de carregar essa baterias de maior capacidade em tempos comparáveis aos dos outros veículos nos carregadores actuais.

"Os desafios tecnológicos e práticos dessa necessidade estão a ser endereçados pelos construtores de veículos", como é o caso da Porsche, e pelos fabricantes de equipamentos de carregamento, como a Efacec, "para permitir que em breve essa realidade seja possível", rematou Ângelo Ramalho.

O CEO da Efacec enfatizou o facto de a empresa trabalhar, na área da mobilidade eléctrica, "com todas as marcas do grupo Volkswagen". Mais: "Todos os grandes fabricantes de automóveis que estão a desenvolver produtos neste segmento, seja 100% eléctrico seja  [sistema híbrido] ‘plug-in’, têm relações muito próximas com a Efacec", assegurou.

A Efacec, que é controlada pela empresária angolana Isabel dos Santos, fechou 2015 com vendas de 426 milhões de euros.


Carga rápida nas estradas alemãs A Efacec foi escolhida para fornecer os primeiros 49 carregadores rápidos para veículos eléctricos nas auto-estradas da Alemanha, cuja instalação foi recentemente concluída. Trata-se da primeira fase de um projecto que visa infra-estruturar, até 2018, auto-estradas germânicas com 400 postos de carga rápida de veículos eléctricos. "Até ao presente, é o maior projecto no âmbito da mobilidade eléctrica na Alemanha", refere a Efacec. "Quando concluída, esta rede irá abranger as principais auto-estradas alemãs, com pontos de carregamento a cada 30 quilómetros, possibilitando, numa fase inicial, o carregamento rápido gratuito a todos os utilizadores de veículos eléctricos", realça a empresa portuguesa. Este projecto é promovido, em cooperação com a RWE, pela Autobahn Tank&Rast, que, em conjunto com os seus parceiros, fornece um conjunto de serviços nas auto-estradas alemãs – opera em cerca de 350 gasolineiras e 390 áreas de serviço, incluindo aproximadamente 50 hotéis.
Ver comentários
Saber mais Efacec Porsche Volkswagen Ângelo Ramalho Winterfell Isabel dos Santos veículos eléctricos carregadores rápidos
Outras Notícias