Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Efacec regressa aos lucros no primeiro semestre; receitas crescem 11% (act)

A Efacec registou um lucro de 1,3 milhões de euros no primeiro semestre do ano, valor que compara com prejuízos de 14,6 milhões de euros no mesmo período do ano passado, revelou ao Negocios.pt o presidente Cardoso Pinto.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 26 de Setembro de 2002 às 20:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

(actualiza com comunicado da empresa com os resultados do primeiro semestre)

A Efacec registou um lucro de 1,3 milhões de euros no primeiro semestre do ano, valor que compara com prejuízos de 14,6 milhões de euros no mesmo período do ano passado, revelou ao Negocios.pt o presidente Cardoso Pinto.

Posteriormente num comunicado a empresa confirmou os resultados do primeiro semestre, onde o volume de negócios aumentou 11% para 110,27 milhões de euros.

Este ano a Efacec estima obter um volume de negócios total de 250 milhões de euros, com resultados líquidos positivos, depois dos prejuízos de 24,9 milhões de euros obtidos em 2001.

A margem bruta aumentou em valor 46%, passando de 16,1% das vendas em 2001 para «o valor razoável» de 21,2% em 2002. O EBITD cresceu mais de 10 vezes face ao período homólogo anterior passando de 870 mil euros para 10,25 milhões de euros.

Os resultados operacionais foram de 3,5 milhões de euros e os resultados antes de impostos atingiram os 2,3 milhões de euros, o que contrasta com os resultados negativos operacionais de 7,5 milhões de euros e os resultados antes de impostos de 14,5 milhões de euros, em igual período do ano anterior.

Apesar do crescimento das vendas, a Efacec conseguiu reduzir os custos operacionais em 6%, ou 7,8 milhões de euros.

As encomendas recebidas no primeiro semestre cresceram para 137,72 milhões de euros, tendo actualmente a empresa cerca de 290 milhões de euros de encomendas em carteira.

O número de efectivos da empresa caiu cerca de 7% para 1.862, tendo os custos com rescisões ascendido 3,2 milhões de euros.

Segundo semestre com tendência positiva

No relatório e contas do primeiro semestre a empresa afirma que na segunda metade do ano os resultados da empresa devem manter a tendência positiva, «tal como apontava o plano previsional do Grupo Efacec».

«Suporta esta perspectiva a importante carteira de encomendas, o comportamento positivo das obras em curso e um vasto conjunto de acções encetadas há algum tempo atrás, visando a redução de custos e o crescimento da produtividade», acrescenta a mesma fonte.

A Efacec fechou nos 2,68 euros a perder 2,55%.

Outras Notícias