Automóvel Efeito T-Roc leva produção automóvel a duplicar

Efeito T-Roc leva produção automóvel a duplicar

A produção de automóveis em Portugal aumentou 105% nos dois primeiros meses do ano, para 49.210 unidades.
Efeito T-Roc leva produção automóvel a duplicar
Bloomberg, Reuters, Volkswagen
Nuno Carregueiro 14 de março de 2018 às 15:54

Foram fabricados em Portugal perto de 50 mil automóveis nos dois primeiros meses do ano, um crescimento expressivo que se deve à produção do T-Roc na fábrica de Palmela na Autoeuropa.

 

De acordo com os dados divulgados pela ACAP, foram produzidos 49.210 automóveis em Janeiro e Fevereiro, o que corresponde a um crescimento de 105% face ao mesmo período do ano passado.

 

Tendo em conta apenas o mês de Fevereiro, a produção cresceu 110% para 23.943 veículos automóveis ligeiros.

 

Na nota onde publica estes dados estatísticos, a ACAP salienta que estes confirmam "a importância que as exportações representam para o sector automóvel já que 96,5% dos veículos fabricados em Portugal têm como destino o mercado externo".

 

Os dados do INE relativos a Janeiro confirmam tese, já que as exportações de bens cresceram 9,6% no primeiro mês do ano, sendo que mais de metade deste aumento é explicado pela categoria de "material de transporte".

 

O início da produção do T-Roc pela Autoeuropa no final de 2017 já tinha dado gás às exportações no último trimestre do ano passado e é expectável que este movimento se verifique ao longo de 2018.  

 

A produção do novo modelo teve início em Agosto de 2017 e até Dezembro de 2017 já tinham sido produzidas 28.000 unidades, um impacto positivo na economia portuguesa com reflexos também na produção automóvel portuguesa.

A fábrica de Palmela espera estar a produzir 200 mil unidades no final deste ano, face às 90 mil actuais.




pub