Transportes Elon Musk vai construir túneis de alta velocidade em Chicago

Elon Musk vai construir túneis de alta velocidade em Chicago

A companhia de túneis “The Boring Company”, liderada por Elon Musk, venceu um concurso para construir uma ligação de alta velocidade que une o centro da cidade de Chicago até ao Aeroporto Internacional O'Hare.
Elon Musk vai construir túneis de alta velocidade em Chicago
reuters
Raquel Murgeira 14 de junho de 2018 às 15:09

A "The Boring Company", companhia de túneis, chefiada por Elon Musk, venceu um concurso lançado pelo prefeito de Chicago para construir túneis de alta velocidade, que pretendem unir o centro da cidade de Chicago até ao Aeroporto Internacional O'Hare, um dos principais aeroportos da cidade americana, segundo avança a CNBC.

O concurso foi lançado o ano passado, pelo prefeito de Chicago, Rahm Emanuel, com o intuito de tornar a ligação entre o centro de Chicago e o Aeroporto Internacional O'Hare mais célere.


O objectivo deste projecto passa assim por reduzir o tempo de viagem entre o centro de Chicago e o Aeroporto para cerca de 12 minutos. Nos túneis de alta velocidade vão circular carruagens que estão projectadas para viajar a uma velocidade de 241 quilómetros por hora, avança a CNN.

Cada veículo vai ter a capacidade de transportar cerca de 16 passageiros e as suas bagagens. A ligação terá uma frequência de partidas a cada 30 segundos, segundo informou o gabinete do prefeito de Chicago.

Não existe ainda um prazo de conclusão do projecto nem um valor total oficial estimado para a obra. No entanto, a empresa de Elon Musk avaliou o custo do projecto em mil milhões de dólares, de acordo com a CNBC.

Os especialistas já demonstraram preocupações sobre a viabilidade financeira do empreendimento, assim como potenciais desafios ambientais e legais, segundo avança a CNN.

Ainda no mês passado, o empresário Elon Musk, numa apresentação sobre o futuro do grupo 'The Boring Company’, apresentou os avanços do projecto de túneis de alta velocidade para evitar engarrafamentos em Los Angeles, a segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos.




pub