Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Emilio Botín gasta 150 milhões de euros para reforçar posição no Santander

O presidente do Banco Santander Central Hispano, Emílio Botín, gastou 150 milhões de euros para reforçar a sua participação no capital do maior banco de Espanha, o Santander.

Paulo Moutinho 13 de Março de 2007 às 13:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O presidente do Banco Santander Central Hispano, Emílio Botín, gastou 150 milhões de euros para reforçar a sua participação no capital do maior banco de Espanha, o Santander.

Emílio Botín adquiriu um total de 11,05 milhões de acções do banco que preside, aquisições feitas no mercado entre os dias 5 e 7 deste mês, ao preço médio de 13,58 euros, através da Simancas e da Latimer, casas de investimento controladas pelo presidente do Santander.

Após estas aquisições, nas quais gastou um total de 150 milhões de euros, Botín passou a deter directamente 0,94% do capital do Santander, 0,27% através da Latimer e 0,07% através do Simancas.

Na sessão de hoje, as acções do Santander seguiam a negociar em queda, perdendo 0,24% para os 13,44 euros.

Ver comentários
Outras Notícias