Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empresa de «towering» entre Vodafone Telecel e Optimus arranca dentro de três meses

A empresa de partilha de torres entre a Vodafone Telecel e a Optimus deverá arrancar a sua actividade, dentro de «três meses», referiu hoje António Carrapatoso, presidente da Vodafone Telecel.

Bárbara Leite 30 de Janeiro de 2002 às 15:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A empresa de partilha de torres entre a Vodafone Telecel e a Optimus deverá arrancar a sua actividade, dentro de «três meses», referiu hoje António Carrapatoso, presidente da Vodafone Telecel.

Em conferência de imprensa, Carrapatoso reafirmou a importância do arranque das operações da nova empresa de «towering» entre a Vodafone Telecel e a operadora móvel do Grupo Sonae.com [SNC].

«Continuamos interessados na empresa», afirmou António Carrapatoso.

No entanto, o presidente da Vodafone Telecel justifica o atraso no arranque das operações «pela complexidade» do alinhamento da nova empresa que vai gerir as torres das duas operadoras e, em particular, as novas torres para o Universal Mobile Telecommunications System (UMTS).

As duas empresas mantiveram negociações com a TDF, empresa de «towering» da France Telecom e a norte-americana Crown Castle para entrada no capital da nova empresa de partilha de torres.

Contudo, Carrapatoso reiterou que a empresa pode arrancar sem a entrada no capital do parceiro internacional.

«Não há necessidade do parceiro internacional», disse António Carrapatoso, sublinhando que o parceiro poderia entrar no capital numa fase posterior.

As duas operadoras terão «tendencialmente 50%», respectivamente no capital da nova empresa, caso o parceiro internacional só entre posteriormente, acrescentou o presidente da Vodafone Telecel [TLE].

A nova empresa estava previsto arrancar ainda em 2001.

Com o lançamento na nova tecnologia móvel, o Instituto das Comunicações (ICP) incentivou os operadores móveis a partilharem os investimentos em infra-estruturas.

A TDF, controlada pela France Telecom que é titular de 20% no capital da Optimus detém mais de 5.200 torres e três mil estações de GSM, enquanto a Crown Castle opera mais de 15 mil torres a nível internacional.

A TMN, operadora móvel do Grupo Portugal Telecom (PT) [PTC], e a ONI Way, operadora do grupo Electricidade de Portugal [EDP] que garantiu uma licença para operar na terceira geração móvel, por outro lado, firmaram um acordo de partilha de investimentos para o UMTS.

As acções da Vodafone Telecel cotavam nos 9,57 euros a cair 0,73%, enquanto a Sonae.com cotavam nos 3,14 euros a subir 1,29%.

Outras Notícias