Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empresas públicas pagam 103,4 mil euros por cada "outsorcing"

As empresa públicas pagam, em média, 103,4 mil euros por cada contratação de serviço externo a sociedades privadas.

Empresas públicas pagam 103,4 mil euros por cada "outsorcing"
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
De cada vez que uma empresa pública recorre à assessoria técnica de uma sociedade privada, fazendo o chamado “outsorcing”, paga uma factura de 103,4 euros, em média. E de cada vez que entrega o serviço a um privado, a trabalhar por conta própria, paga-lhe 17,4 mil euros por cada projecto.

O preço do recurso ao “outsorcing” revelado pelo Tribunal de Contas, nas conclusões de um estudo às “ Despesas de Consultadoria das Entidades do Sector Empresarial do Estado” hoje divulgado. No referido trabalho, que tem por base as despesas de consultoria externa realizadas em 2007 por uma amostra de 69 entidades que integram o sector empresarial do Estado (SEE), o Tribunal de Contas conclui que, naquele ano, foram gastos 102,75 milhões de euros de consultoria externa. A maior parte deste valor foi contratado a sociedades em nome colectivo (99,5 milhões de euros), que, em média, cobraram 103,4 mil euros por cada contrato.

A entidade liderada por Guilherme d’Oliveira Martins sublinha que “nem sempre as entidades do sector empresarial do Estado procederam a uma correcta identificação das necessidades, à especificação rigorosa dos objectivos a atingir, à definição do âmbito de serviços a prestar”, pelo que não foram “salvaguardados e optimizados os recursos públicos envolvidos”.

Também “nem sempre” o recurso ao “outsorcing” terá resultado de uma necessidade previamente comprovada por parte do contratante público”, lê-se no relatório, que também sublinha que muitos dos contratos se faziam numa base regular, o que prova que não se tratava da mera contratação de competências específicas de que os organismos públicos não dispunham.

As conclusões do Tribunal de Contas resultam da resposta a um questionário enviado a 69 empresas do sector empresarial do Estado, o que representa 16,4% do universo total de empresas (que se estima rondar as 420, entre sociedades anónimas, entidades publicas empresariais (EPE), sociedades por quotas, cooperativas e outras).

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias