Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Endesa pede que seja Bruxelas decidir OPA da Gas Natural

A Endesa quer que sejam as autoridades da concorrência da Comissão Europeia a decidir sobre a oferta pública de aquisição hostil lançada pela Gás Natural sobre a maior eléctrica espanhola.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 08 de Setembro de 2005 às 09:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Endesa quer que sejam as autoridades da concorrência da Comissão Europeia a decidir sobre a oferta pública de aquisição hostil lançada pela Gás Natural sobre a maior eléctrica espanhola.

Segundo o «El Pais», o presidente do Conselho de Administração da Endesa, que se opõe à OPA da Gas Natural, está a preparar uma estratégia de defesa da investida da Gas Natural, que passa por pedir que seja Bruxelas a analisar os problemas de concorrência decorrentes da operação.

Rafael Miranda teve já um contacto com o Comissário Europeu da Energia, Andris Piebalgs, e deverá aproveitar este contacto para forçar que seja Bruxelas a analisar o caso.

Para se defender da ofensiva da Gas Natural, a Endesa contratou já quatro bancos de investimento para definir a estratégia a prosseguir.

Segundo as regras actuais, a operação não terá de ser analisada por Bruxelas, pois as duas empresas em causa tem mais de dois terços do volume de negócios no mesmo país: Espanha.

Bruxelas bloqueou a intenção da Energias de Portugal de comprar a Gás de Portugal, por considerar que a operação era prejudicial para os consumidores.

Outras Notícias