Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Energia e biocombustíveis devem ser os impulsionadores das receitas de 2008

A Martifer prevê que os proveitos consolidados deste ano ascendam a 965 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 86,11% face aos números de 2007 hoje anunciados. As áreas de equipamentos para energia e agricultura e biocombustíveis serão as prin

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 06 de Março de 2008 às 20:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Martifer prevê que os proveitos consolidados deste ano ascendam a 965 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 86,11% face aos números de 2007 hoje anunciados. As áreas de equipamentos para energia e agricultura e biocombustíveis serão as principais catalizadoras.

A empresa divulgou as perspectivas para este ano e somando as receitas obtidas por cada segmento, no total da Martifer prevê que os proveitos ascendam a 965 milhões de euros, o que compara com os 518,5 milhões verificados em 2007.

A contribuir para esta evolução estarão os desempenhos dos segmentos de equipamentos para energia e agricultura e biocombustíveis. A primeira terá receitas de 300 milhões de euros (este ano teve de 139 milhões). O peso desta área no total das receitas deverá ascender aos 31%, quando em 2007 se situou nos 22%.

A área de agricultura e biocombustíveis deverá registar receitas de 315 milhões de euros (contra os 123 acumulados em 2007), o que representará 32,64% do total dos proveitos, mais do que os 22% do ano passado.

Quando ao EBITDA o aumento deverá ser de 116,22% para os 80 milhões de euros.

Outras Notícias