Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Eni e Amorim contra nomeação de Freitas do Amaral para Galp

O facto de a Caixa Geral de Depósitos estar de saída da Galp condiciona a escolha do presidente da petrolífera.

Negócios negocios@negocios.pt 30 de Setembro de 2011 às 08:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
A Eni e a Amorim Energia não aprovam a nomeação pela Caixa Geral de Depósitos do presidente da Galp Energia.

Segundo noticia hoje o "Diário Económico", os dois accionistas privados questionaram, em cartas enviadas à Caixa, a possibilidade do banco público escolher o presidente quando já é público que a instituição liderada por Faria de Oliveira tem de vender a posição de 1% que detém na Galp.

O acordo parassocial assinado entre estas partes põe nas mãos da Caixa a escolha do presidente não executivo. Mas nesse acordo também se determina que caso um destes accionistas venda a sua posição terá de haver resignação dos membros que tenha indicado. E isso mesmo foi lembrado pela Eni e Amorim Energia ao banco público. O que leva o "Diário Económico" a concluir que estas cartas são um "chumbo" ao nome de Freitas do Amaral que a CGD se preparava para indicar como presidente da petrolífera.

A Caixa entretanto remeteu para a tutela as cartas da Eni e Amorim Energia.

Freitas do Amaral seria o nome escolhido pela Caixa Geral de Depósitos para a presidência não executiva da Galp, em substituição de Murteira Nabo. O mandato já terminou, mas os accionistas não têm chegado a acordo para nomear novos órgãos sociais. Entretanto, Murteira Nabo pediu, mesmo, para sair da empresa, tendo entrado na consultora Saer.
Ver comentários
Saber mais Galp Eni Amorim Freitas do Amaral
Outras Notícias