Empresas Ericsson eleita melhor empresa para trabalhar pelo segundo ano consecutivo

Ericsson eleita melhor empresa para trabalhar pelo segundo ano consecutivo

A política de benefícios, a formação contínua e o apoio à maternidade estão entre as regalias que colocam a Ericsson no topo da lista das melhores empresas para trabalhar, segundo a Exame. Em segundo lugar surge a Hilti Portugal e, em terceiro, a Philips.
Ericsson eleita melhor empresa para trabalhar pelo segundo ano consecutivo
Rita Faria 27 de janeiro de 2015 às 20:00

A Ericsson é a melhor empresa para trabalhar em Portugal, em 2015, de acordo com o ranking anual da revista Exame. A política de benefícios, a formação contínua, o apoio à maternidade e o subsídio escolar para os filhos dos trabalhadores são apenas algumas das regalias que colocam a empresa, pelo segundo ano consecutivo, no topo da lista das melhores para trabalhar.

 

Com sede em Oeiras, a Ericsson tem 196 colaboradores (20% do sexo feminino e 80% do sexo masculino) com uma média de idades de 39 anos. No entanto, o CEO da tecnológica, Hans Vestberg, já estabeleceu como meta alterar este rácio: o objectivo é que, em 2020, cerca 30% da força de trabalho da organização seja representada pelo sexo feminino, o que obrigará a um maior ajustamento do trabalho e da vida pessoal das mulheres.

 

"A Ericsson já implementou várias medidas de apoio à maternidade e à família. Desde que comunicam a gravidez, providenciamos o estacionamento gratuito, oferecemos uma cesta de maternidade com vários mimos, cheques creche até aos sete anos e subsídio escolar dos 7 aos 24 anos. A isto junta-se um horário flexível e a possibilidade de trabalhar a partir de casa", revela Rute Diniz, directora de Recursos Humanos, em entrevista à Exame.  

 

De acordo com a publicação, a empresa implementou um conjunto de práticas e benefícios de conciliação entre trabalho e vida pessoal, como os seguros de saúde extensíveis ao agregado familiar, os planos de pensões, a flexibilidade de horários, os apoios à prática desportiva ou ao desenvolvimento de formação executiva. A Ericsson vence ainda na categoria "liderança inspiradora" e a 1.ª Melhor PME.

 

Hilti Portugal e Philips completam o pódio

 

Com sede em Matosinhos e um total de 85 colaboradores, a Hilti é a segunda melhor empresa para trabalhar em Portugal, segundo o ranking da Exame. A empresa tem como lema investir nas pessoas, servindo-se de um inquérito de satisfação interna para perceber o que pode ser melhorado e até que ponto os seus funcionários estão satisfeitos. De acordo com a publicação, numa escala que vai de -50 a +50, o mais recente inquérito obteve uma cotação de +38.

 

No terceiro lugar do ranking surge a filial portuguesa da Philips, sedeada em Oeiras e com um total de 92 colaboradores. A empresa procura aliar o bom desempenho profissional ao bem-estar pessoal dos funcionários com impacto positivo para a organização.  "Fazemos sempre uma análise do potencial dos funcionários. Quando identificamos talentos, patrocinamos a sua evolução académica, dando condições de trabalho e financeiras que lhes permitam obter um grau académico adicional", explica Manuel Eugénio, country manager da Philips, em entrevista à Exame.

 

Do top 10 fazem ainda parte o Hotel Ritz Four Seasons, TNT, Penha Longa Resort, Blip, Gatewit, Unilever Jerónimo Martins e a Groundforce Portugal.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI