Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ernst & Young afirma que Swissair pagou salários da administração da TAP

A companhia suíça Swissair terá pago salários a dirigentes da TAP Air Portugal, quando planeava entrar no capital da companhia aérea nacional, segundo um relatório da Ernst & Young, que classifica o acto como suborno e corrupção.

Negócios negocios@negocios.pt 17 de Fevereiro de 2003 às 12:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A companhia suíça Swissair terá pago salários a dirigentes da TAP Air Portugal, quando planeava entrar no capital da companhia aérea nacional, segundo um relatório da Ernst & Young, que classifica o acto como suborno e corrupção.

No relatório, citado pela imprensa suíça, a firma de auditoria refere que «constatámos que se trata de uma prática de indemnização pouco habitual para colaboradores que não são empregados» da Swissair.

O jornal suíço «Dimanche» adianta que a Ernst & Young classifica estes actos de suborno e corrupção, num artigo intitulado de «A república das bananas de Philippe Bruggisser», onde são relatados outros actos de má gestão do antigo presidente da Swissair.

A Swissair chegou a planear entrar no capital da TAP, objectivo que cancelou devido à situação financeira que a companhia atravessava, que originou mesmo a sua falência, dando origem à SAirGroup.

Fonte oficial da TAP desconhece qualquer pagamento feito pela empresa suíça aos administradores da TAP e Jorge Coelho, ministro que tutelava a transportadora aérea nacional, refere era a TAP quem pagava a totalidade dos salários dos administradores, noticiou o «Correio da Manhã».

Outras Notícias