Telecomunicações Esperado chumbo na venda da TVI à Altice na próxima semana
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Esperado chumbo na venda da TVI à Altice na próxima semana

Depois de a Altice ter dito que não fará qualquer nova proposta para compromissos, a compra da Media Capital pela Altice Portugal deve ser vetada.
Esperado chumbo na venda da TVI à Altice na próxima semana
Correio da Manhã
Alexandra Machado 14 de junho de 2018 às 23:18

Na próxima semana, as partes e os terceiros interessados devem ficar a conhecer o projecto de decisão da Autoridade da Concorrência à intenção de compra da Media Capital pela Altice Portugal/Meo.

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado optimiza Há 3 dias

Aqueles funcionários públicos que não fazem nenhum na Autoridade da Concorrência já chumbaram a operação há duas semanas atrás, como todos foram informados.

Agora a operação foi chumbada pelo PS e Bloco de Esquerda há 1 ano atrás quando foi anunciada. Desde esse dia, todos sabíamos com 100% certeza que a operação foi chumbada à partida.


comentários mais recentes
Anónimo Há 3 dias

A NOS em todo este processo pôs a nu a sua subserviência ao poder político nomeadamente através do "seu" jornal, até dá dó esta evidência na "manchetes 3". Grande empreendedor o Belmiro.

Anónimo Há 3 dias

Realmente a Ditadura TROTSKISTA E SIOUXIALISTA não se deixou adquirir mini estações de televisão, com apenas 2 canais e sem interesse nenhum e que ninguém vê (no Cabo há 200 canais). Isto é concorrência? PIOR, É O ÚNICO SECTOR EM QUE EXISTE UM OPERADOR DE SERVIÇO PUBLICO NACIONAL - RTP, MAS TAMBÉM SE VÊ SERVIÇO PUBLICO ESPANHOL -TVE, INGLÊS - BBC, ALEMÃO - RTL, ITALIANO -RAI.

Mas, aceitaM-se monopólios GORDOS E DESASTROSOS na EDP, REN, CTT, GALP, Portucel e aceitam-se MONOPÓLIOS TERRÍVEIS NA AMAZON. GOOGLE, FACEBOOK, WHATSAPP E SKYPE.

Os Gigantes Americanos secam tudo à sua volta, e apenas estas empresas valem 28 vezes o PIB nacional.

BEST OF ALL Há 3 dias

Yes! EXCEPCIONAL para a Impresa que a AC vetasse esta concentração entre pequenas empresas parisienses e madrilenas falidas.
A TVI é de um GRUPO Espanhol falido que só tem novelas, big brothers, o goucha e a judite sousa. Estão já a cair até à falência após este chumbo. No marketing sabe-se que os espetadores da TVI não têm dinheiro para comprar produtos publicitados.
A Sic vai lucrar este mercado todo, os seus 5 canais vão reforçar shares para todoso os targets de audiência, vai ter lucros incríveis e vai voltar ao primeiro lugar. Temos todos de agradecer esta medida do Governo e do PSD (Balsemões e Ricardo Costa)

optimiza Há 3 dias

Aqueles funcionários públicos que não fazem nenhum na Autoridade da Concorrência já chumbaram a operação há duas semanas atrás, como todos foram informados.

Agora a operação foi chumbada pelo PS e Bloco de Esquerda há 1 ano atrás quando foi anunciada. Desde esse dia, todos sabíamos com 100% certeza que a operação foi chumbada à partida.


Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub