Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Estoril Sol lucra 6,67 milhões de euros com corte de custos

A Estoril Sol anunciou hoje que apurou um resultado líquido de 6,67 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, contra prejuízos de 11,34 milhões de euros no mesmo período do ano passado, com a concessionária do Casino do Estoril a beneficiar do cor

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 02 de Novembro de 2004 às 18:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Estoril Sol anunciou hoje que apurou um resultado líquido de 6,67 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, contra prejuízos de 11,34 milhões de euros no mesmo período do ano passado, com a concessionária do Casino do Estoril a beneficiar do corte de custos, já que as receitas desceram.

A Estoril Sol [esto], controlada por Stanley Ho e detida em 32% pelo Grupo Amorim, viu as suas receitas descerem 3,7% para 135,89 milhões de euros.

Em comunicado, a empresa explica que a melhoria dos resultados foi conseguida às custas da redução de custos.

Os custos correntes consolidados registados no final do terceiro trimestre, no montante de 136,6 milhões de euros, evidenciam uma redução de 20 milhões de euros relativamente a igual período de 2003.

«A evolução positiva dos custos, registada ao nível das associadas, é consequência directa das decisões implementadas no exercício anterior, com particular destaque para o impacto positivo das políticas de redimensionamento e racionalização dos Serviços, cujo limite foi ditado pela preocupação de manter os níveis de qualidade dos serviços prestados ao nível das operações», refere o comunicado da empresa.

Os resultados operacionais foram positivos em 11,63 milhões de euros nos primeiros nove meses deste ano, valor que compara com um registo negativo de 3,4 milhões de euros no mesmo período do ano passado. Os resultados extraordinários também ajudaram os resultados, já que passaram de um valor negativo de 2,44, para 1,39 milhões de euros positivos este ano.

As receitas de jogo dos casinos que a empresa explora, no Estoril e da Póvoa do Varzim, desceram 2,8% em termos agregados, devido ao «ambiente de crise em que actualmente vive a economia portuguesa».

As acções da Estoril Sol fecharam a subir 2,44% para os 8,40 euros.

Ver comentários
Outras Notícias