Tecnologias EUA impõem sanções contra tecnológica chinesa ZTE

EUA impõem sanções contra tecnológica chinesa ZTE

O Departamento do Comércio norte-americano vai impor restrições à ZTE por alegadas violações das normas norte-americanas sobre exportações para o Irão.
EUA impõem sanções contra tecnológica chinesa ZTE
Bloomberg
Negócios com Lusa 07 de março de 2016 às 13:32

O governo chinês protestou esta segunda-feira, 7 de Março, contra as restrições que o Departamento do Comércio dos Estados Unidos planeia impor a uma das maiores empresas de tecnologia da China, a ZTE, por alegadas violações das normas norte-americanas sobre exportações para o Irão.

 

Segundo a Reuters, as restrições entrarão em vigor esta terça-feira, e aplicam-se a todas as empresas que queiram enviar produtos de fabrico americano para a ZTE na China.

 

"A China opõe-se sempre às sanções norte-americanas contra empresas chinesas", assinalou o porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, Hong Lei. 

 

"Esperamos que interrompa estas práticas erróneas, evitando danos maiores na cooperação e comércio bilateral entre a China e os Estados Unidos", acrescentou.

 

As sanções prevêem que a ZTE, fabricante de telemóveis, fibra óptica e outros equipamentos de telecomunicações, seja obrigada a solicitar uma licença sempre que quiser adquirir equipamentos e partes fabricadas nos EUA.

 

O Departamento do Comércio norte-americano investigou a ZTE por alegadas violações do controlo de exportações, depois de a Reuters ter revelado, em 2012, que a empresa tinha assinado contratos para enviar milhões de dólares em hardware e software de conhecidas firmas norte-americanas, como a Microsoft, Oracle Dell e IBM para a maior operadora de telecomunicações do Irão, a Telecommunication Co of Iran (TCI).

 

Os Estados Unidos proíbem as suas empresas de vender alta tecnologia norte-americana ao Irão.

 

 

 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI