Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Europa Central e de Leste dominam abertura de novos centros comerciais

A Rússia e a Turquia foram os dois países que registaram mais inaugurações de centros comerciais no segundo semestre de 2013, segundo os dados da imobiliária Cushman & Wakefield.

Negócios 07 de Abril de 2014 às 12:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O mercado dos centros comerciais está a virar-se para as fronteiras orientais da Europa. A Rússia e a Turquia foram os países que estrearam mais centros comerciais no segundo semestre de 2013, segundo os dados da imobiliária Cushman & Wakefield.

 

Nos últimos seis meses do ano passado foram abertos 3,6 milhões de metros quadrados de área bruta locável (ABL). Um valor que duplica o registo dos primeiros seis meses, mas abaixo do previsto, devido ao “atraso de alguns projectos”, refere o comunicado.

 

A Rússia e a Turquia deverão continuar a ser os maiores “corta-fitas” da Europa: prevêem-se mais 2,6 e 2,2 milhões de metros quadrados, respectivamente, até ao final de 2015.

 

O país liderado por Vladimir Putin deverá passar do terceiro para o primeiro lugar em termos do total de área ocupada por centros comerciais na Europa. Esta tabela é liderada neste momento pela França, com 17,3 milhões de metros quadrados de AVL, seguida do Reino Unido, com 16,9 milhões de metros quadrados. A Rússia irá ultrapassar os ingleses até ao final de 2014 e os franceses antes do final de 2015. Actualmente, os russos têm 16,8 milhões de metros quadrados ocupados com centros comerciais. Este valor deverá subir em 2,6 milhões de metros quadrados até ao final de 2015.

 

Para este ano está prevista a abertura de 203 novos centros comerciais. A Europa Central e de Leste irá registar 62,56% (127 espaços) das estreias.

 

Sobre Portugal, o comunicado da imobiliária refere ainda que desde 2010 “a oferta de centros comerciais […] tem vindo a corrigir, adaptando-se à nova realidade deste sector”. O documento refere que em 2013 não foi inaugurado qualquer centro comercial e que este ano, 2014, será marcado pela abertura do Alegro Setúbal e a expansão do Fórum Algarve.

 

A imobiliária define um centro comercial como um espaço cuja “área bruta locável é superior a 5.000 metros quadrados”. Os dados não incluem “outlets” e “retail parks”.

Ver comentários
Saber mais centros comerciais Cushman & Wakefield Rússia Turquia Europa França Reino Unido bens de consumo construção e obras públicas imobiliário grandes armazéns
Outras Notícias