Tecnologias Evan Spiegel ganha mais de 636 milhões de dólares com IPO da Snap

Evan Spiegel ganha mais de 636 milhões de dólares com IPO da Snap

Pode ser apenas uma coincidência, mas depois de um tweet publicado por uma personalidade influente sobre o mau desempenho do Snapchat, a empresa registou fortes quedas em bolsa e perdeu 1,7 mil milhões de dólares. Isto no mesmo dia em que se soube que, em 2017, Evan Spiegel ganhou 636,6 milhões de dólares com o IPO.
Evan Spiegel ganha mais de 636 milhões de dólares com IPO da Snap
Reuters
Negócios 23 de fevereiro de 2018 às 09:20

As acções da Snap, dona do serviço Snapchat, terminaram ontem a sessão em forte queda (-8,53%). Coincidência ou não, a forte desvalorização da Snap teve lugar depois de uma popular personalidade da televisão norte-americana, Kylie Jenner, criticou publicamente a Snapchat.


"Então há mais alguém que já não consegue abrir o Snapchat? Ou sou só eu .. ugh isto é tão triste", escreveu Jenner na rede social Twitter, onde tem 24,5 milhões de seguidores.

Com a queda acentuada dos títulos, o valor de mercado da empresa liderada por Evan Spiegel encolheu em cerca de 1,7 mil milhões de dólares, de acordo com a CNBC.

A marca de cosméticos Maybelline também perguntou aos seus seguidores no Twitter se deveria manter a sua conta no Snapchat. Em causa está a "queda dramática de visualizações" nesta plataforma.

Outro evento que pode estar ainda a penalizar a evolução da empresa, foi a redução da recomendação - de vender para neutral - por parte do Citigroup. O analista Mark May, citado pela agência, decidiu alterar a recomendação da cotada depois de ver "uma subida significativa" das revisões negativas à reformulação da aplicação.

Evan Spiegel um dos mais bem pagos em 2017?

A entrada em bolsa da Snap, dona do serviço Snapchat, vai fazer com que o CEO da empresa seja um dos executivos mais bem pagos no ano passado. Evan Spiegel, co-fundador da Snapchat e CEO da Snap, ganhou 636,6 milhões de dólares com a bolsa de acções que recebeu no âmbito da oferta pública inicial (IPO) da empresa, realizada em Março de 2017, segundo um relatório publicado nas últimas horas e citado pela Bloomberg.

Muitas vezes, quando as empresas resolvem dispersar o seu capital em bolsa, os líderes recebem um montante considerável de acções. Esse procedimento é realizado porque muitas firmas acreditam que, dessa forma, os responsáveis vão manter-se em funções.

Além deste montante, o salário de Spiegel foi de 98.078 dólares no ano passado. Tendo recebido também mais de um milhão de dólares relativos a outros benefícios. Por isso, e de acordo com o TechCrunch, só no ano passado o fundador do Snapchat ganhou 638 milhões de dólares. Este valor vem aumentar o património líquido do empreendedor que, segundo as estimativas, ascende a quatro mil milhões de dólares, de acordo com a mesma fonte.

Imran Khan, director de estratégia, recebeu 100,6 milhões de dólares em compensações no ano passado. O relatório indica que os montantes recebidos no ano passado pelos dois executivos são pagamentos extraordinários e pagos apenas uma vez.

(Actualização: Acrescenta informação sobre a queda das acções)




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
Saber mais e Alertas
pub