Banca & Finanças Expansión: Seis interessados em ficar com posição do Banif na Açoreana Seguros

Expansión: Seis interessados em ficar com posição do Banif na Açoreana Seguros

Apollo, Liberty, Ageas, Mapfre, Santalucía e Mutua Madrileña são as entidades referidas pelo jornal espanhol como estando a analisar a venda da seguradora pelo banco português. O processo deve arrancar ainda em Maio.
Expansión: Seis interessados em ficar com posição do Banif na Açoreana Seguros
Diogo Cavaleiro 11 de maio de 2015 às 09:45

Há seis interessados em comprar ao Banif a posição que o banco detém na Açoreana Seguros, de acordo com o Expansión. A Apollo, que adquiriu a Tranquilidade ao Grupo Espírito Santo no início do ano, está na corrida e, segundo o jornal espanhol, é uma das favoritas.

 

O Banif detém uma participação de 48% na seguradora (o restante está nas mãos da família do fundador Horácio Roque) mas uma das medidas acordadas inicialmente no plano de reestruturação definido em conjunto com a Direcção-Geral da Concorrência da Comissão Europeia, para compensar a ajuda estatal recebida de 1,1 mil milhões de euros, passava pela sua venda.

 

Neste momento, o plano ainda não está finalizado – Bruxelas disse ao Negócios na semana passada estar em "negociações construtivas" para a sua aprovação –, mas o banco foi antecipando algumas medidas, sendo que uma delas é, precisamente, a venda da participação na Açoreana Seguros, uma companhia que terminou 2013 com 43 balcões, 29 dos quais no continente, um na Madeira e 13 nos Açores. O processo deverá arrancar ainda em Maio, escreve o Expansión. 

 

É para adquirir esta rede que estarão na corrida seis interessados, segundo o Expansión. A Apollo é uma delas, estando já presente no mercado português através da Tranquilidade. Com presença em Portugal, também a Liberty Seguros pretende ficar com a seguradora do Banif, de acordo com a mesma publicação.

 

A Ageas, parceira nos seguros do Banco Comercial Português, é outro dos nomes que consta na lista enumerada pelo Expansión e que esta segunda-feira é noticiada pelo Diário de Notícias. De acordo com as fontes do jornal espanhol, há três entidades espanholas que pretendem ficar com a unidade seguradora do Banif: Santalucía, Mapfre e Mutua Madrileña.

 

Ainda não foi possível obter reacções das seguradoras nem do banco em causa. 

 

Segundo a publicação, a Fosun, dona da maior seguradora portuguesa Fidelidade, não é uma das interessadas no dossiê da seguradora liderada por Mário Almeida, devido às dificuldades que teria em conseguir a aprovação da operação devido à concorrência. 

 

Em 2013, a Açoreana contava com 720 funcionários cujo trabalho rendeu lucros de 2.296 milhões de euros, segundo os números oficiais.  

 

À medida que avança o processo de alienação da Açoreana Seguros seguem, igualmente, as negociações para a venda da posição estatal no Banif prosseguem, estando em cima da mesa uma alienação indirecta. Negociações que mantêm a equipa de gestão pelo menos até Agosto para concluir o processo.

 

 




pub