Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Facturas de táxi também podem vir a dar desconto no IRS

Além das despesas com bilhetes ou passes de autocarro, comboio ou metro, cuja dedução no IRS está a ser estudada pelo Executivo, também os recibos dos táxis podem ser elegíveis, avança o Público.

Negócios 10 de Outubro de 2016 às 19:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

No dia em que quatro mil taxistas se manifestam em Lisboa questionando a legalização de serviços de transporte alternativo como a Uber e o Cabify, surge a informação de que o Governo estará a estudar a inclusão das facturas por transporte em táxi como despesa dedutível no IRS.


A notícia é avançada pelo jornal Público, que já esta manhã avançava que o Executivo está a estudar a elegibilidade de despesas com os passes de autocarro, de comboio ou de metro para a concessão de incentivos fiscais aos contribuintes.


A proposta estará a ser negociada no âmbito do Orçamento do Estado para 2017, cuja apresentação está prevista para esta sexta-feira. O Público refere, citando duas fontes governamentais não identificadas, que "a ideia foi introduzida no pacote da fiscalidade verde pelo Ministério das Finanças."

A dedução destas despesas seria feita à semelhança da que já existe com as despesas da educação ou as deduções pela existência de factura.

A inclusão das despesas com transportes públicos para dedução em IRS já tinha sido proposta em Setembro pelo Partido Os Verdes. Na altura, Heloísa Apolónia tinha sublinhado que este incentivo fiscal iria servir para combater as alterações climáticas, ao reduzir os gases de efeito estufa com menor uso do carro, "mas também garantir uma mobilidade sustentável e maior qualidade de vida às pessoas nas cidades."

Ver comentários
Saber mais Lisboa Governo Orçamento do Estado Ministério das Finanças economia negócios e finanças economia (geral) política
Outras Notícias