Aviação Falta de consenso político penalizou Estado na TAP, diz Tribunal de Contas
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Falta de consenso político penalizou Estado na TAP, diz Tribunal de Contas

O Tribunal de Contas concluiu que a falta de consenso entre decisores políticos resultou em alterações contratuais que agravaram as responsabilidades do Estado. A recompra de 50%, diz, resultou numa perda desproporcional de direitos económicos.
Falta de consenso político penalizou Estado na TAP, diz Tribunal de Contas
Bruno Simão/Negócios
Maria João Babo 20 de junho de 2018 às 06:01

O Tribunal de Contas (TdC) conclui, numa auditoria à reprivatização e recompra da TAP, que o processo foi "regular", "eficaz" mas "não conduziu ao resultado mais eficiente". Isto, aponta, porque a falta de consenso polí

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI