Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Família Agnelli vende Cushman & Wakefield à TPG por 2 mil milhões

A consultora imobiliária vai realizar uma fusão com a DTZ numa operação que resultará num encaixe de 1,28 mil milhões de dólares para a família que controla a construtora automóvel Fiat.

A carregar o vídeo ...
TPG Buys Cushman & Wakefield for $2 Billion
Negócios 11 de Maio de 2015 às 16:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Exor, "holding" da família Agnelli que entre outros activos controla a Fiat, chegou a acordo para vender a sua posição de 75% na Cushman & Wakefield à TPG Capital.

 

A firma de capital de risco norte-americana, que pagou 2 mil milhões de dólares (1,78 mil milhões de euros) pela totalidade do capital da C&W, vai avançar para a fusão desta empresa com a DTZ, que tinha comprado no final do ano passado.

 

A fusão dará origem a uma companhia com mais de 43 mil trabalhadores em todo o mundo, que terá como principais rivais a CBRE e a JLL, que são as duas maiores firmas do mundo neste sector.

"A nova empresa, que operará sob a marca Cushman & Wakefield alcançará facturações superiores a 5,5 mil milhões de euros e será responsável pela gestão de mais de 370 milhões de metros quadrados de activos em representação de clientes institucionais e privados", refere um comunicado conjunto.

 

Com esta venda, a Exor conseguirá um encaixe de 1,28 mil milhões de dólares (1,14 mil milhões de euros) e uma mais-valia de 722 milhões de dólares.

 

A Cushman & Wakefield marca uma forte presença em Portugal, intermediando vários dos principais negócios no sector imobiliário. Já a DTZ saiu do mercado português em 2009.

 

Ver comentários
Saber mais Fiat Cushman & Wakefield TPG Capital
Mais lidas
Outras Notícias