Tecnologias Feira de Barcelona vai testar a nova era do 5G

Feira de Barcelona vai testar a nova era do 5G

O 5G vai ser o protagonista da edição da edição de 2018 do Congresso de Comunicações Móveis, que este ano vai ser o palco de apresentação de telemóveis portugueses.
Feira de Barcelona vai testar a nova era do 5G
Reuters
Sara Ribeiro 25 de fevereiro de 2018 às 11:00

De 26 de Fevereiro a 1 de Março Barcelona vai receber mais de 2.300 empresas de tecnologia e telecomunicações na maior feira do sector. Intel, Google, Samsung, Microsoft ou Sony são algumas das gigantes que vão ocupar os oito pavilhões do Congresso de Comunicações Móveis (MWC na sigla em inglês) e antecipar as tendências do sector.

As primeiras edições da feira serviam de rampa de lançamento de novos telemóveis e outros gadgets. Mas nos últimos anos o MWC tem sido o palco de exposição das novas tecnologias que as empresas estão a desenvolver para acompanhar a evolução do sector.

Este ano, tal como últimas edições, a quinta geração de rede móvel (5G) vai dominar o congresso que vai contar com a presença de empresas de 208 países, incluindo de Portugal que este ano vai estar representado por perto de 10 expositores. A Intel, Dell, HP, Lenovo e Microsoft são algumas das empresas que vão apresentar novidades nesta área durante a feira, entre as quais os primeiros computadores Windows 5G.

A NEC Coporation também já desvendou que, em conjunto com operadoras de telecomunicações, vai demonstrar novas tecnologias e soluções tendo como base o 5G.

A nova geração de rede móvel – que está no topo da agenda de praticamente todos os operadores – vai permitir ter menor latência (período de espera entre dados), sendo, por isso, uma peça-chave para o desenvolvimento de soluções de IoT (internet das coisas). Neste campo, da conexão de vários dispositivos através da internet, também são esperadas novidades na feira de Barcelona, nomeadamente no que toca às Cidades Inteligentes.

Depois da realidade virtual ter dominado várias edições do MWC, principalmente através dos óculos de realidade virtual, a inteligência artificial promete roubar o protagonismo. Além de soluções como BOTS, softwares que simulam interacções humanas, também serão apresentados dispositivos equipados com esta tecnologia. Um dos mais aguardados é o smartphone V30 da LG.

Apesar das empresas terem alargado o leque de apresentações ao longo das últimas edições do MWC, as gigantes mundiais continuam a aproveitar a feira de Barcelona para dar a conhecer em primeira mão os novos dispositivos do seu portfólio. E, como já é habitual, muitas delas – como a Samsung ou Nokia – antecipam o lançamento para o dia anterior ao arranque da feira.

A Samsung já confirmou que vai apresentar o novo Galaxy S) no dia 25 de Fevereiro. Já a Sony deve apresentar os novos membros da linha Xperia. E segundos os sites de tecnologia uma da novidades passa introdução de display infinitivo nos modelos XZ2 e XZ Pro.

A Nokia também já reservou a data de 25 de Fevereiro para divulgar as suas novidades, que ainda estão fechadas a sete chaves.

Também é esperado que a Huawei apresente novos tablets, uma vez que a apresentação do P20 será em Paris, e a ZTE o Blade V9.

Estas são algumas das novidades que são esperadas no que toca a novos smartphones. Mas este ano, a feira de Barcelona vai também ser o palco de apresentação a nível mundial de telemóveis portugueses. Trata-se da nova gama de produtos da portuguesa IKI Mobile, que recentemente inaugurou uma fábrica em Coruche. Esta vai ser a segunda vez que a empresa lusa participa no MWC.




pub