A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ferreira de Oliveira foi o segundo CEO mais bem pago do PSI-20 em 2010

À frente do presidente da Galp, em termos de remuneração total, ficou Zeinal Bava, que lidera a Portugal Telecom. No que diz respeito à remuneração fixa, Ferreira de Oliveira ocupa o topo da tabela.

  • Partilhar artigo
  • 10
  • ...
O CEO da Galp, Manuel Ferreira de Oliveira, teve uma remuneração de 1,33 milhões de euros no ano passado, o que correspondeu a menos 236,8 mil euros do que em 2009.

Feitas as contas aos presidentes executivos das 20 cotadas do índice bolsista de referência nacional, Zeinal Bava levou para casa em 2010 o maior pacote total de remuneração (variável e fixa): 1,41 milhões de euros.

Logo a seguir surge Ferreira de Oliveira, com 1.337.000 euros, decorrentes de 1.069.600 euros de remuneração fixa e de 267.400 euros por conta de PPR. Ou seja, apesar do corte de 15% na sua remuneração, foi o segundo CEO mais bem pago.

Por outro lado, o presidente executivo da Galp teve a remuneração fixa mais elevada do PSI-20, seguido do CEO da EDP, António Mexia, que auferiu 703.000 euros no ano passado por conta do salário fixo.

Ferreira de Oliveira vem assim juntar-se a Zeinal Bava (PT), Ricardo Salgado (BES), Paulo Azevedo (Sonae) e António Mexia (EDP) no grupo dos CEO que ganharam mais de um milhão de euros em 2010. Um quinteto seguido de perto por Rodrigo Costa, da Zon Multimédia, que auferiu um total de 995.002 euros no ano passado.

Este corte de 15% explica-se pelo facto de não ter sido pago qualquer prémio relativo ao exercício de 2009, tal como se verificou com todos os colaboradores da empresa, dado que os resultados ficaram abaixo dos 300 milhões de euros devido aos efeitos da crise e do incêndio na Refinaria de Sines, indicou fonte oficial da empresa.

Com efeito, nenhum dos 18 membros do conselho de administração da Galp – executivos e não-executivos – auferiu uma remuneração variável em 2010, segundo o relatório de governo da petrolífera divulgado na CMVM.

Francisco Murteira Nabo, “chairman” da Galp, recebeu a esse título 210 mil euros no ano passado, indica também o documento.

As acções da empresa subiram 68% em 2010, o que correspondeu a uma criação de valor de quatro mil milhões de euros para os accionistas, salientou a fonte da empresa.

Ver comentários
Saber mais Galp Ferreira de Oliveira
Outras Notícias