Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fisipe obtém prejuízos de 1,5 milhões no primeiro trimestre

A Fisipe viu os seus resultados trimestrais passarem de um milhão de euros positivos para 1,5 milhões de euros negativos no primeiro trimestre deste ano. A administração da empresa explica prejuízos pela «indefinição da situação política no Iraque».

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 28 de Abril de 2003 às 09:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Fisipe viu os seus resultados trimestrais passarem de um milhão de euros positivos para 1,5 milhões de euros negativos no primeiro trimestre deste ano. A administração da empresa explica prejuízos pela «indefinição da situação política no Iraque».

A Fisipe - Fibras Sintéticas de Portugal registou entre Janeiro e Março deste ano um resultado líquido consolidado de 1,5 milhões de euros, um recuo face aos resultados positivos de um milhão de euros obtidos em igual período do ano passado.

De acordo com o comunicado hoje publicado pela Fisipe, as contas trimestrais da empresa, ainda não auditadas, revelam resultados operacionais de 830 mil euros, face 1,13 milhões de euros no período homólogo de 2002. Os resultados correntes passaram de 446,7 mil euros para 1,4 milhões de euros negativos.

A administração da empresa explica que «a indefinição da situação política do Iraque», que levou à «retracção da procura nos mercados europeus» e do Médio Oriente, assim como a desvalorização do dólar, «tiveram um impacto negativo nos resultados do primeiro trimestre».

Ainda assim, a empresa registou um aumento de 9,93% do seu volume de negócios, que passou para 44,12 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano.

A fábrica da marca de fibras sintéticas em Barcelona foi a principal afectada, acrescenta o mesmo comunicado da administração, que acrescenta que foi forçada «a canalizar as vendas para outros mercados, onde as margens são menores». Com o fim do conflito no Iraque, a «expectável retoma dos mercados Europeus» e com «ambas as fábricas (Lavradio e Barcelona) a trabalharem em plena capacidade», «estão criadas as condições para uma melhoria dos resultados».

Ver comentários
Outras Notícias