Aviação Força Aérea contra utilização mista da base do Montijo

Força Aérea contra utilização mista da base do Montijo

Não estão reunidas as condições para a coexistência de voos civis e militares no Montijo, diz a Força Aérea num parecer divulgado pelo Expresso.
Força Aérea contra utilização mista da base do Montijo
Negócios 22 de outubro de 2016 às 12:00
"Não estão reunidas as condições para a Força Aérea dar a sua concordância à proposta da NAV, em virtude dos impactos gerados pela mesma limitarem fortemente as operações aéreas militares". Este é o parecer da Força Aérea, dado em Maio, e entregue aos deputados.

Segundo o Expresso, a Força Aérea mostra, no entanto, abertura para "fazer parte da solução que permita uma coexistência do tráfego militar e civil no mínimo eficaz".

Para isso sugere a realização de um estudo "independente" com simulações de fluxo de tráfego e número de movimentos. 

O Expresso acrescenta que a Força Aérea até já terá opções para uma eventual saída do Montijo, que passa pela base de Beja e Sintra.

O Governo prometeu anunciar a solução Portela +1 em 2017.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI