Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fortes ganhos da PT levam bolsa a subir mais de 2%

A praça nacional está a subir mais de 2% e lidera as valorizações entre as principais bolsas europeias, num dia marcado pelos fortes ganhos da Portugal Telecom, antes dos accionistas decidirem o desfecho da oferta da Telefónica pela Vivo.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 30 de Junho de 2010 às 10:14
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
A praça nacional está a subir mais de 2% e lidera as valorizações entre as principais bolsas europeias, num dia marcado pelos fortes ganhos da Portugal Telecom, antes dos accionistas decidirem o desfecho da oferta da Telefónica pela Vivo.

O índice PSI-20 está a avançar 2,11% para os 7.169,51 pontos, com 16 acções a subir, três em queda e uma inalterada. Na Europa a manhã também é de ganhos, ainda que mais ligeiros.

A Portugal Telecom é a grande estrela da sessão, com a operadora a ganhar 6,43% para os 8,834 euros, depois de ter chegado a valorizar 8,8% na abertura da sessão, com os títulos a reagirem aos novos desenvolvimentos em torno do negócio da Vivo.

A Telefónica reviu ontem em alta pela segunda vez o preço oferecido pela parte da PT na Vivo para os 7,15 mil milhões de euros, elevando as hipóteses de sair vencedora deste confronto com a PT pelo controlo da Vivo na AG que decorre esta manhã.

A subida dos títulos da PT está também a contagiar os títulos do sector das telecomunicações em Portugal, com a Zon Multimédia a subir 3,02% para 3,245 euros, enquanto a Sonaecom aprecia 2,22% para os 1,43 euros.

A impulsionar está ainda a banca, com o BES, um dos principais accionistas da PT, a valorizar 2,07% para 3,30 euros, enquanto o BCP avança 1,48% para 0,619 euros e o BPI sobe 1,19% para os 1,533 euros.

A contribuir para os ganhos da praça nacional está ainda a Galp Energia, com a petrolífera a subir 1,9% para os 12,36 euros.

Uma nota positiva para Cimpor, que está a ganhar 4,03% para os 4,60 euros, depois do Santander ter passado a recomendar comprar as acções da cimenteira, adiantando que a empresa apresenta potencial de subida, depois das fortes quedas em 2010.

Ver comentários
Outras Notícias