Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

FPF quer isenção de IRS para prémios de presença no Mundial

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) quer que os 50 mil euros  que cada um dos jogadores participantes no Mundial da Alemanha trouxe para casa fiquem isentos de IRS.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) quer que os 50 mil euros  que cada um dos jogadores participantes no Mundial da Alemanha trouxe para casa fiquem isentos de IRS.

Gilberto Madaíl, presidente da FPF prepara-se para apresentar ao Governo uma exposição nesse sentido, avança hoje o Jornal de Negócios.

Mais uma, aliás, já que por mais de uma vez o fizeram sem nunca obterem qualquer resposta por parte dos sucessivos Governos. A decisão política ficará agora nas mãos de Pedro Silva Pereira, que tutela a pasta do Desporto, e de Teixeira dos Santos, o ministro das Finanças. 

Em causa estão os prémios pecuniários de presença e em função do resultado que os jogadores de futebol receberam pela sua participação no Mundial da Alemanha e que, pela sua participação nas meias-finais, valeram 50 mil euros a cada um dos convocados por Scolari.

Valores que serão pagos pela FPF, mas que jogadores e dirigentes entendem que deveriam estar isentos de impostos. Para além dos argumentos legais apresentados pelos juristas da Federação, invoca-se a importância para o País dos bons resultados conseguidos nesta e noutras competições internacionais. 

Outras Notícias