Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

France Télécom mantém intenção de vender posição na Sonaecom

A France Télécom não comenta a fusão da Optimus com a Zon, mas vai dizendo que mantém a intenção de vender a sua participação na Sonaecom.

France Telecom vai cortar o dividendo de 2012
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 17 de Dezembro de 2012 às 15:44

A France Télécom mantém a intenção de vender os 20% que detém na Sonaecom.

 

O gabinete de comunicação da operadora francesa confirmou isso mesmo ao Negócios. "Continuamos com o plano de vender a nossa posição minoritária na Sonaecom no momento apropriado", disse o gabinete em declarações escritas ao Negócios.

 

Quanto ao acordo entre a Sonaecom e a empresária angolana Isabel dos Santos para se avançar na fusão da Zon com a Optimus, a France Télécom escusou-se a fazer comentários. "Como accionista minoritário, não comentamos a estratégia da Sonaecom".

 

Apesar de ser accionista minoritário, a France Télécom tem representantes no conselho de administração da Sonaecom. Aliás, como Ângelo Paupério, presidente da Sonaecom, declarou esta segunda-feira aos analistas, numa conferência telefónica, a fusão tem o "apoio entusiástico" dos accionistas representados no conselho da Sonaecom. "Esta operação foi aprovada sem quaisquer reservas pelo 'board' da Sonaecom, onde estão representadas a Sonae e a France Télécom. Todos deram o seu apoio entusiástico", declarou, citado pela Reuters.

 

Na sexta-feira, 14 de Dezembro, a Sonaecom e Isabel dos Santos anunciaram o acordo para realizarem a fusão das Zon com a Optimus. O primeiro passo é a realização de reuniões dos respectivos conselhos de administração, que terão de fazer uma proposta de fusão a apresentar às assembleias-ferais respectivas: da Zon e da Optimus.

 

Só depois das assembleias é que se avançará para a notificação do acordo à Autoridade da Concorrência e consequente fusão por incorporação e criação da sociedade veículo entre a Sonaecom e Isabel dos Santos.

 

A operação deverá durar seis meses, esperando a Sonaecom acelerar o processo.

Ver comentários
Saber mais Sonaecom France Télécom Zon fusão
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio