Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

France Télécom vai ficar com 23,7% da Sonaecom

A Sonaecom reforçou a parceria com a France Télécom (FT) que vai trocar a posição que detém nas participadas por uma fatia do capital na "holding" da Sonae para as telecomunicações, anunciou a empresa. O acordo estratégico prevê o aumento de capital da So

Negócios 10 de Junho de 2005 às 08:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Sonaecom reforçou a parceria com a France Télécom (FT) que vai trocar a posição que detém nas participadas por uma fatia do capital na "holding" da Sonae para as telecomunicações, anunciou a empresa. O acordo estratégico prevê o aumento de capital da Sonaecom por integração das posições da FT na Novis, Clix e Optimus.

A France Télécom vai trocas as posições de 20,18% na Optimus, 43,3% na Novis e a 43,3% no Clix por uma fatia de 23,7% na Holding, ficando os segundos maiores accionistas. A Sonae SGPS é a maior accionista.

A entrada na Holding, ainda sujeitas a algumas aprovações, será feita por aumento de capital por integração das participações detidas até agora.

Para o efeito, será convocada uma assembleia geral extraordinária da Sonaecom para aprovação da operação.O acordo só acontecerá se o pedido de alteração da estrutura accionista da Optimus, obrigatória na licença atribuída à empresa, for aceite pelo Ministério da economia.

A Sonaecom explica, em comunicado, que a troca de posições da France Télécom foi condição para a celebração do acordo de parceria estratégia assinado por três anos.

Segundo o acordo estratégico, a France Télécom "compromete-se a fornecer apoio estratégico às empresas de telecomunicações da Sonaecom (Optimus, Novis e Clix)". A cooperação será desenvolvida, em particular, ao nível de quatro áreas:para o "roaming" e interligação, passando a Optimus a ser membro da aliança que a FT tem para empresas associadas (designada open Seamless Alliance), para os serviços multimédia (a Optimus poderá ter acesso aos produtos e serviços multimédia da Orange), para a aquisição de terminais móveis e para as redes (links nacionais e internacionais), em que a FT e a Sonaecom "apresentar-se-ão como parceiros preferenciais nas áreas de redes de telecomunicações", diz o comunicado.

Outras Notícias