Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundo de investimento norte-americano interessado na Varig

O fundo de investimento norte-americano MatlinPatterson, que comprou 95% da empresa de cargas da Varig, a VariLog, pode estar interessado na empresa mãe, no âmbito da reestruturação que a companhia aérea está a realizar, segundo noticia hoje o «Valor Econ

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 24 de Agosto de 2005 às 15:17
  • Partilhar artigo
  • ...

O fundo de investimento norte-americano MatlinPatterson, que comprou 95% da empresa de cargas da Varig, a VariLog, pode estar interessado na empresa mãe, no âmbito da reestruturação que a companhia aérea está a realizar, segundo noticia hoje o «Valor Econômico».

A Varig, transportadora aérea brasileira, vendeu 95% da sua participada de cargas VarigLog por 38 milhões de dólares (31 milhões de euros), para além de assegurar 60 milhões de dólares (49 milhões de euros) em dívidas.

O interesse do fundo norte-americano MatlinPatterson pode ir muito além da compra da empresa de carga da Varig, a VarigLog, cuja intenção foi oficializada ontem, segundo o «Valor Económico».

O fundo MatlinPatterson coloca-se como possível parceiro da Varig no processo de reestruturação da empresa, de acordo com o jornal brasileiro que cita o acordo preliminar assinado na segunda-feira.

Para concretizar a operação, o fundo abriu uma empresa no Brasil, a Velo, já que a legislação não permite que uma empresa estrangeira tenha mais de 20% do capital votante de uma companhia aérea, acrescenta o jornal.

A venda da VarigLog tem ainda de ser aprovada pelo Tribunal do Rio de Janeiro, uma vez que a transportadora aérea encontra-se em processo de recuperação judicial.

A proposta do fundo foi formalizada num contrato preliminar. A documentação foi entregue ao juiz da 8ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Alexander dos Santos Macedo, responsável pela recuperação judicial da Varig, que terá que aprovar a transacção, de acordo com o «Valor Económico».

O MatlinPatterson concordou ainda em emprestar dinheiro à Varig, num total que deve variar entre 50 milhões de dólares (40,88 milhões de euros) e 65 milhões de dólares (53,14 milhões de euros).

Antes de pedir o processo de «recuperação judicial», medida prevista pela legislação brasileira, a Varig assinou com a portuguesa TAP um «memorando de entendimento», a 13 de Junho, com vista à capitalização da transportadora aérea brasileira.

No primeiro semestre deste ano, a Varig diminuiu o prejuízo em 30%, para 393,9 milhões de reais (133,8 milhões de euros, ao câmbio actual), face ao período homólogo de 2004.

A VarigLog está avaliada em 100 milhões de dólares (81,76 milhões de euros), mas devido às dívidas da empresa de cargas e ao facto da Varig manter uma participação de 5% na sua subsidiária, o negócio foi aprovado por um valor mais baixo.

Ver comentários
Outras Notícias