Energia Galp tem facturas em atraso há nove meses

Galp tem facturas em atraso há nove meses

A Deco denuncia atrasos provocados pela mudança no sistema de facturação da empresa, aconselhando as centenas de clientes de electricidade e gás natural afectados pelo problema a "recusar pagar evocando a prescrição".
Galp tem facturas em atraso há nove meses
Negócios 16 de abril de 2018 às 10:05

A mudança no sistema de facturação da Galp, operada em meados de 2017, provocou atrasos no envio das facturas de electividade e gás natural, havendo ainda cerca de 350 famílias portuguesas afectas por este problema, reconhece a própria empresa de energia.

 

Citada pelo Dinheiro Vivo, Ana Sofia Ferreira, coordenadora do Gabinete de Apoio ao Consumidor da Deco, denunciou que "no final de Março tínhamos consumidores que não receberam ainda factura, com um atraso já de oito ou nove meses". E aconselha-os a "recusar pagar evocando a prescrição".

 

"Estamos perante um incumprimento da empresa, porque a periodicidade da facturação é uma das condições contratuais. (…) Não é a primeira vez que a Galp tem um problema no seu sistema de facturação, que acaba por ter repercussões graves devido ao facto de um número grande de consumidores ser lesado com essa situação", acrescentou a responsável desta associação de defesa do consumidor.

 

A 10 de Abril, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) emitiu uma recomendação relativa precisamente aos atrasos na facturação de electricidade e gás natural por parte dos agentes de mercado. Nessa nota, quis também "difundir junto dos consumidores, dos organismos de resolução de conflitos e de defesa do consumidor, informação que permita identificar as boas práticas e assim, auxiliar na resolução dos conflitos de consumo".

A ERSE recebeu em 2017 mais de 8.600 reclamações relacionadas com a facturação de electricidade e gás, um problema que voltou a gerar 435 registos nos primeiros três meses deste ano. De acordo com a mesma publicação, mais de metade das entradas no Portal da Queixa sobre este problema no envio de facturas dizem respeito à Galp.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
pub