Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp Energia cai 2,06% e penaliza bolsa nacional

Ainda assim, o PSI-20 foi o índice europeu que menos caiu, num dia em que a possível ajuda da União Europeia ao sector bancário irlandês dominou todas as atenções.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 16 de Novembro de 2010 às 16:49
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
A maioria dos mercados europeus caiu mais de 1% e 2%, à excepção do principal índice da bolsa portuguesa ( PSI-20) que desvalorizou apenas 0,55% devido aos ganhos da Portugal Telecom e do BCP.

No entanto, os ganhos das duas cotadas não foram suficientes para travar a queda da Galp Energia. A petrolífera perdeu 2,06% e fechou a sessão a valer 14,005 euros, num dia em que o preço do petróleo cai mais de 2% e negoceia abaixo dos 83 dólares no mercado norte-americano.

Os restantes títulos do sector energético fecharam igualmente no vermelho, com a EDP a perder 1% para os 2,569 euros, a REN a cair 1,77% para os 2,495 euros e a EDP Renováveis desvalorizou 0,93% para os 3,935 euros.

A penalizar a bolsa nacional estiveram ainda os títulos do BES e da ZonMultimédia. O banco liderado por Ricardo Salgado perdeu 1,08% para os 3,307 euros.

Ainda no sector bancário, o BPI caiu 0,33% para 1,51 euros e o BCP avançou 0,63% para os 0,639 euros.

As acções da Brisa perderam 0,46% para os 5,142 euros, no dia em que o Banif recomendou comprar acções da empresa. Numa nota de investimento assinada por Francisco Sequeira, a recomendação é de obter uma exposição longa aos títulos para beneficiar de uma eventual subida das acções, decorrente da informação que a Brisa poderá divulgar no dia 22 de Novembro, ao encontrar-se com investidores.

Entre as novidades que a cotada liderada por Vasco de Mello poderá anunciar, encontra-se a decisão sobre o que se irá fazer com as receitas da venda da CCR, que podem dar origem a novos investimentos ou a uma melhoria da remuneração accionista.



Ver comentários
Saber mais bolsa nacional PSI-20 mercado
Outras Notícias