Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp Energia quer reduzir custos entre 50 a 55 milhões até primeiro semestre de 2003

A Galp Energia encetou um programa interno, em Julho de 2002, que está previsto terminar no primeiro semestre de 2003, visando reduzir custos entre 50 a 55 milhões de euros, com enfoque nos ganhos com FSE, disse ao Negocios.pt fonte da empresa.

Bárbara Leite 07 de Janeiro de 2003 às 16:41
  • Partilhar artigo
  • ...
A Galp Energia encetou um programa interno, em Julho de 2002, que está previsto terminar no primeiro semestre de 2003, visando reduzir custos entre 50 a 55 milhões de euros, com enfoque nos ganhos com fornecimentos e serviços externos, disse ao Negocios.pt fonte da empresa.

À semelhança de congéneres europeias, a Galp Energia implementou um programa de redução de custos operacionais, tendo privilegiado a «concretização de ganhos potenciais nos Fornecimentos e Serviços Externos (FSE), tanto a níveis de consumo como em custos unitários», adianta a empresa em revista interna.

Na fase preliminar iniciada em Julho, a empresa petrolífera e de gás natural determinou um potencial de redução de custos «por categoria e área funcional no montante de 50 a 55 milhões de euros», acrescenta a mesma fonte. A primeira fase deste projecto teve inicio em Setembro tendo no mês de Novembro sido desencadeada a fase de implementação.

O resultado deste trabalho vai ser reflectido no orçamento de exploração da Galp Energia para 2003.

Este programa, na sua fase de implementação, vai apoiar-se num sistema de gestão de projectos desenvolvido pela Roland Berger.

A empresa liderada por António Mexia, pretende além da concretização das poupanças, incrementar a cultura de sensibilização da necessidade de gestão dos custos aos colaboradores do grupo.

A empresa nacional está a preparar-se para a realização de dispersão de capital em Bolsa que deverá ocorrer até ao final do ano.

Outras Notícias