Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp Energia vai abrir mais 11 postos de combustível em Angola

A Galp Energia tem intenção de reforçar no mercado angolano onde prevê abrir, este ano, mais 11 postos de combustível, apesar da prioridade da empresa ser o mercado ibérico, disse ao Negocios.pt o presidente António Mexia.

Bárbara Leite 24 de Junho de 2003 às 16:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Galp Energia tem intenção de reforçar no mercado angolano onde prevê abrir, este ano, mais 11 postos de combustível, apesar da prioridade da empresa ser o mercado ibérico, disse ao Negocios.pt o presidente executivo António Mexia.

Ainda que o mercado de combustíveis ibérico seja a prioridade da companhia, «só em Angola, vamos abrir, este ano, mais do dobro de postos do que os que temos agora», referiu Mexia, no II Fórum de Energia.

À margem do Fórum, Mexia revelou ao Negocios.pt que «em Angola temos sete postos de combustíveis e vamos abrir mais 11 este ano».

A particularidade desta expansão é que «os investimentos serão feitos com o cash flow gerado no mercado em Angola», destacou o presidente da Galp Energia, sem detalhar valores.

A Galp marca presença em Angola, através da participada a 49% da Sonangalp, com os restantes 51% a pertencerem à Sonangol, a petrolífera estatal angolana.

Com o destaque das actividades de gás natural sugerida pelo Governo que gere as participações do Estado nas empresas energéticas nacionais, a Galp vai focalizar-se no sector petrolífero.

Mesmo com a cisão dos activos Gás de Portugal e Transgás, Mexia frisa que «a rentabilidade dos activos é para continuar».

Este ano, a Galp Energia «conseguiu, pela primeira vez, aumentar a sua quota de mercado em Portugal com menos postos de combustível», afirmou Mexia. A petrolífera efectuou trocas de postos com as espanholas Cepsa e Total para reforçar a sua presença em Espanha sem proceder a entregas em dinheiro.

Ver comentários
Outras Notícias