Empresas Galp garante que fará "sempre parte da solução" para os activos da Petrobras

Galp garante que fará "sempre parte da solução" para os activos da Petrobras

A Petrobras já anunciou que pretende vender a sua participação em dois consórcios que detém com a Galp. A petrolífera portuguesa espera que a saída de um "grande operador" seja compensada por um equivalente.
Galp garante que fará "sempre parte da solução" para os activos da Petrobras
Bloomberg
André Cabrita-Mendes 15 de março de 2016 às 17:25

A Petrobras já anunciou que pretende desfazer-se de vários activos e a Galp Energia garante que está atenta a possíveis aquisições no Brasil. A garantia foi dada pelo presidente-executivo da petrolífera, esta terça-feira, 15 de Março, no "Capital Markets Day" em Londres. "Seremos sempre parte da solução para uma saída da Petrobras", disse Carlos Gomes da Silva.

Actualmente, existem dois activos na lista de desinvestimentos da Petrobras - Carcará e Júpiter - dos quais a Galp faz parte do consórcio. A participação em Carcara é menor do que em Jupiter, que chega aos 20%. Em Carcara, a Galp aumentou a sua participacao de 10% para 20% quando a Shell vendeu a sua posição e a companhia portuguesa exerceu o seu direito de opção.

"Estamos flexíveis para ser parte da solução", disse Gomes da Silva. No entanto, sublinhou que a saída de um "grande operador" como a Petrobras, só pode ser substituída "pela entrada de outro que seja equivalente", como a Exxon, Total, Shell ou Chevron.

Questionado sobre se a Galp receia alguma mudança nos seus investimentos no Brasil, devido à situação política e financeira do país, Gomes da Silva rejeitou essa hipótese. "O plano está feito, aprovado pelas autoridades brasileiras. É um tema que seguimos de perto", afirmou o gestor. "Qualquer decisão, politicamente falando, é relativamente neutra para a Galp", concluiu.

*O jornalista viajou para Londres a convite da Galp

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI