Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Gazprom compra 50% do projecto Sakhalin-2 da Shell por 5,66 mil milhões

A russa Gazprom acordou comprar 50% mais uma acção do projecto de petróleo e gás Sakhalin-2 da Royal Dutch Shell por 7,45 mil milhões de dólares (5,66 mil milhões de euros), aumentando o controlo da Rússia na indústria energética.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 21 de Dezembro de 2006 às 18:05
  • Partilhar artigo
  • ...

A russa Gazprom acordou comprar 50% mais uma acção do projecto de petróleo e gás Sakhalin-2 da Royal Dutch Shell por 7,45 mil milhões de dólares (5,66 mil milhões de euros), aumentando o controlo da Rússia na indústria energética.

A Shell, a Mitsui e a Mitsubishi vão vender metade das participações que detinham neste projecto à Gazprom, anunciou hoje a Shell citada pela agência Bloomberg.

As empresas envolvidas neste projecto investiram cerca de 12 mil milhões de dólares (9,08 mil milhões de euros) nesta parceria. A Shell, após a venda, vai ficar com uma participação de 27,5%, a Mitsubishi fica com 12,5% e a Mitsui fica com 10%.

Em Setembro, o Ministério dos Recursos Naturais da Rússia decidiu cancelar a licença de desenvolvimento do Sakhalin-2 no valor de 20 mil milhões de dólares (cerca de 15 mil milhões de euros), numa altura em que o governo presidido por Vladimir Putin está a pressionar projectos de energia estrangeiros.

Nessa altura um responsável pelo Ministério, Sergei Fyodorov, anunciou que três projectos que envolvem a Shell, a Exxon Mobil e a Total podiam ser cancelados por violarem os requisitos "técnicos" para as licenças. O Ministério está a pressionar os três acordos de produção partilhada operados pelas três empresas estrangeiras acima mencionadas.

Ver comentários
Outras Notícias