Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

General Electric quer reduzir mais os custos mas vê melhorias no mercado de capitais

A General Electric vai incrementar o seu objectivo de redução de custos para este ano em 50%, para três mil milhões de dólares, e pretende vender as divisões que estiverem a ter maus resultados, anunciou o presidente executivo da fabricante de locomotivas

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 23 de Abril de 2008 às 15:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A General Electric vai incrementar o seu objectivo de redução de custos para este ano em 50%, para três mil milhões de dólares, e pretende vender as divisões que estiverem a ter maus resultados, anunciou o presidente executivo da fabricante de locomotivas e motores para aviões, Jeffrey Immelt.

Immelt aumentou o objectivo de redução de custos, de dois para três mil milhões de dólares, depois de anunciar uma inesperada queda dos lucros da GE no primeiro trimestre. A empresa foi penalizada pela crise nos mercados financeiros – área onde também se encontra presente, estando em Portugal com a GE Money -, que diminuíram o valor de alguns dos seus investimentos e frustraram alguns negócios no ramo imobiliário no final do primeiro trimestre.

No entanto, Immelt considera que os mercados de capitais melhoraram desde então. "Estamos ainda num período de volatilidade, do ponto de vista do mercado de capitais, mas penso que as coisas estão um pouco melhores", afirmou Immelt antes da Assembleia Geral de Accionistas.

As unidades que a GE pôs à venda, tais como o negócio de cartões de crédito nos EUA, "serão vendidos", acrescentou Immelt, citado pela Bloomberg. "Os compradores estratégicos continuam a querer fazer as suas apostas, apesar da agitação dos mercados", salientou.

Outras Notícias