Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

GM alerta que a Opel está a ficar sem dinheiro deixando 300 mil trabalhadores em risco

A General Motors alertou que a Opel deverá ficar sem dinheiro no próximo trimestre, o que poderá levar ao encerramento de três fábricas, deixando 300 mil trabalhadores sem emprego.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 03 de Março de 2009 às 15:18
A General Motors alertou que a Opel deverá ficar sem dinheiro no próximo trimestre, o que poderá levar ao encerramento de três fábricas, deixando 300 mil trabalhadores sem emprego.

A Opel poderá ficar sem capital no próximo trimestre uma vez que se está a debater com a queda das vendas de veículos, afirmou o chefe europeu da GM, Carl-Peter Forster em Genebra citado pela Bloomberg.

A empresa norte-americana anunciou que a difícil situação que a Opel enfrenta poderá levar ao encerramento de três fábricas, embora Forster não tenha referido quais as unidades fabris que estão em maior risco. As maiores fábricas da GM na Europa encontram-se na Alemanha, Espanha, Polónia, Bélgica e no Reino Unido.

O responsável pela área operacional da GM, Fritz Henderson, revelou que a empresa espera que os governos europeus cheguem a uma decisão quanto às ajudas pedidas em “dias ou semanas”.

A Opel está em negociações com o governo alemão com o objectivo de receber uma injecção de 3,3 mil milhões de euros. No entanto, o ministro da Economia da maior economia da Zona Euro Karl-Theodor zu Guttenberg, afirmou que não vai apressar uma decisão e que vai ser feito “um exame exaustivo” à proposta.

Henderson acrescentou que a GM está disposta a deixar de ter a maioria da Opel, que detém desde 1929. “Não existem opções fora da mesa. Temos de estar abertos a interesses legítimos”, sublinhou segundo a Automotive News Europe.


Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio