Tecnologias Goldman Sachs reduz participação na Sonaecom

Goldman Sachs reduz participação na Sonaecom

O banco norte-americano reduziu a participação qualificada que detinha na cotada da família Sonae para menos de 1% na passada terça-feira ao reduzir em quase cinco milhões o número de direitos de voto.
Goldman Sachs reduz participação na Sonaecom
Hugo Paula 28 de fevereiro de 2014 às 20:08

A Sonaecom comunicou ao mercado que foi notificada pelo Grupo Goldman Sachs de que este reduziu a participação de 7,8 milhões para 2,9 milhões de direitos de voto, segundo informação prestada através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

O banco de investimento passou a controlar 0,79% dos direitos de voto da cotada do sector tecnológico e dos media, abaixo do limite de 2% a partir do qual uma participação é considerada classificada.

 

As vendas tiveram lugar no dia 25 de Fevereiro e foram levadas a cabo pelo Goldman Sachs Asset Management, bem como pelo do Goldman Sachs International, sendo imputáveis ao Goldman Sachs Group.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI