Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo de Monti pondera adiar resgate do Monte Paschi

O governo provisório de Mario Monti está a ponderar adiar o resgate no valor de 3,9 mil milhões de euros ao Banca Monte dei Paschi di Siena, deixando a decisão final para o novo governo.

Jorge Garcia jorgegarcia@negocios.pt 27 de Fevereiro de 2013 às 10:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O governo provisório de Monti está a adiar a decisão sobre o resgate do Monte Paschi, mas segundo o decreto aprovado pelo gabinete de Monti em Dezembro, os pagamento têm de estar completos até Março. De acordo com o plano de resgate do governo, o Monte Paschi vai vender títulos, apelidados de obrigações “Monti”, ao governo com um juro de 9% que pode chegar até aos 15%, segundo noticia a Bloomberg.

 

A decisão sobre o resgate pode vir a ser tomada ainda hoje, afirmou uma das pessoas envolvidas. Os representantes do governo e do banco não estavam disponíveis para comentar. As eleições italianas desta semana deixaram o parlamento dividido, com o comediante Beppe Grillo a ganhar mais de 25% dos votos, contra os 10,5% de Monti.

 

O Monte Paschi, mergulhado em investigações aos seus antigos administradores, afirmou que vai levar um rombo de 730 milhões de euros depois de rever as perdas pelas acordos feitos entre 2008 e 2009.

Ver comentários
Saber mais Mario Monti Monte Paschi resgate
Outras Notícias