Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo não interferiu no voto da CGD

O primeiro-ministro garantiu que nem ele nem qualquer outro membro do Governo interferiram no sentido de voto da CGD quanto à desblindagem de estatutos da Portugal Telecom.

Negócios negocios@negocios.pt 11 de Abril de 2007 às 22:04
  • Partilhar artigo
  • ...

O primeiro-ministro garantiu que nem ele nem qualquer outro membro do Governo interferiram no sentido de voto da CGD quanto à desblindagem de estatutos da Portugal Telecom.

Quando questionado sobre se teria telefonado ao presidente da CGD, Sócrates respondeu que "não telefonei, quem faz isso é o ministro das Finanças". Mas "nem o ministro das Finanças deu qualquer orientação à CGD. A CGD é um banco e decidiu de acordo com o que achou melhor para si", disse, na entrevista à RTP1 e à Antena1.

Referindo-se à proposta da Sonae, afirmou ainda que a OPA teve pelo menos "a vantagem" de "permitir a separação da rede de cobre e da rede de cabo da PT" e, por isso, prestou "homenagem à iniciativa e ao risco" de quem a lançou.

Outras Notícias