Empresas Governo quer "melhorar o serviço" que o IAPMEI e o AICEP prestam às empresas

Governo quer "melhorar o serviço" que o IAPMEI e o AICEP prestam às empresas

O deputado socialista acusou o IAPMEI de "comodismo" e de não ir à "procura dos investidores". O ministro concordou e considera que é preciso proceder a mudanças na actuação do IAPMEI e também da AICEP.
Governo quer "melhorar o serviço" que o IAPMEI e o AICEP prestam às empresas
Ana Brígida
André Cabrita-Mendes 24 de fevereiro de 2016 às 21:40
A actuação do Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI) foi bastante criticada no parlamento pelo PS. E o ministro da Economia reconheceu que é preciso recalibrar o serviço de actuação desta instituição, mas também do Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

"Queremos melhorar o serviço que o IAPMEI presta às empresas", disse Manuel Caldeira Cabral esta quarta-feira, 24 de Fevereiro.

"E para melhorar o serviço e a proximidade do IAPMEI e do AICEP, temos que fazer muitas coisas e temos melhorar muitas coisas que já estão a ser feitas", reconheceu o ministro da Economia.

As instituições têm fins diferentes. O IAPMEI é responsável pelo apoio às pequenas e médias empresas, enquanto o AICEP é responsável por atrair investimento para Portugal.

O ministro da Economia dava assim razão às críticas do deputado socialista Ascenso Simões que pediu a Caldeira Cabral para intervir. "É muito importante que intervenha no comodismo do IAPMEI", começou por dizer.

"Nos ultimos anos, o IAPMEI sentou-se nas suas carteiras e não foi a procura dos investidores. E é preciso que façamos junto dessa intituição um processo para o colocar novamente ao serviço das empresas", afirmou Ascenso Simões.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI