Banca & Finanças Grécia avança com programa de 9 mil milhões para ajudar a banca

Grécia avança com programa de 9 mil milhões para ajudar a banca

O Governo grego pretende oferecer aos bancos um mecanismo que permita acelerar a redução do crédito malparado.
Grécia avança com programa de 9 mil milhões para ajudar a banca
Kyriakos Mitsotakis deu prioridade ao programa desenhado pelo governo liderado por Tsipras
Reuters
Negócios com Bloomberg 18 de setembro de 2019 às 13:25

O Governo grego pretende avançar com um programa de garantias de Estado no valor de 9 mil milhões de euros para que banca do país acelere a redução do crédito malparado.

Citando várias fontes, a Bloomberg avança que o programa será similar ao que foi implementado com sucesso em Itália. Contudo, terá ainda de ser aprovado pelas autoridades europeias, pois implica ajudas de Estado, sendo de esperar uma decisão da Comissão Europeia no espaço de poucas semanas.

O programa vai permitir aos bancos gregos o recurso a garantias estatais na securitização de carteiras de ativos problemáticos. Estes são transferidos para um veículo de titularização (SPV) que vai depois emitir títulos de dívida que serão garantidos pelo Estado e ficarão nos balanços dos bancos.

A Grécia é o país mais endividado da Europa e os bancos detêm nos seus balanços cerca de 75 mil milhões de euros em ativos problemáticos. Um fardo que penaliza a rentabilidade e restringe a capacidade do setor financeiro conceder novos empréstimos às famílias e empresas.  

A expectativa de que esta solução avance tem gerado um forte desempenho nos bancos cotados em Atenas, sendo que o índice que agrega as empresas do setor acumula uma valorização de 81% em 2019.

A ideia de avançar com este programa foi do anterior governo, liderado por Alexis Tsipras, mas o atual primeiro-ministro, Kyriakos Mitsotakis deu prioridade a este dossiê, tendo como objetivo que tudo esteja aprovado antes da entrada em funções da nova Comissão Europeia (novembro).

São vários os detalhes que estão por definir, como o montante do crédito malparado que os bancos podem alocar a este programa, mas a sua duração deverá ser de 18 meses.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI