Empresas Grupo José de Mello deve mil milhões à CGD

Grupo José de Mello deve mil milhões à CGD

A Caixa Geral de Depósitos quer que a cobertura da dívida do Grupo José de Mello passe dos actuais 76,8% para 92,3%, se a oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Brisa se efectivar.
Negócios 02 de maio de 2012 às 19:25
Actualmente o Grupo José de Mello tem um dívida de mil milhões de euros à CGD, com a taxa de cobertura, ou seja o valor da dívida face às garantias existentes, de 76,8%, de acordo com a “Sábado”. A revista adianta que actualmente existe um défice de cobertura de 237 milhões de euros.

A CGD será actualmente o maior credor do Grupo José de Mello, com 40% da sua dívida.

A Caixa está envolvida na OPA à Brisa, já que terá aceite financiar até 88 milhões de euros. Dos 700 milhões de euros que a oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Brisa pode exigir de investimento à José de Mello e Arcus, os três maiores bancos portugueses terão de disponibilizar 590 milhões. Deste montante, que seria necessário caso todos os accionistas da concessionária aceitassem vender na operação, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) aceitou financiar 88 milhões de euros. Já o crédito junto do Banco Espírito Santo seria de até 99 milhões de euros e no BCP de 401 milhões, sabe o Negócios.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI