Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grupo de Trabalho sobre o Serviço Público vai propor medidas pragmáticas e corajosas

O Grupo de Trabalho sobre o Serviço Público de Televisão tomou hoje posse sob a liderança de Helena Vaz Silva. «As nossas propostas terão de ser pragmáticas e corajosas», disse a recém nomeada presidente aos jornalistas.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 05 de Junho de 2002 às 17:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Grupo de Trabalho sobre o Serviço Público de Televisão tomou hoje posse sob a liderança de Helena Vaz Silva. «As nossas propostas terão de ser pragmáticas e corajosas», disse a recém nomeada presidente aos jornalistas.

O Grupo de Trabalho sobre o Serviço Público de Televisão tomou hoje posse, tendo como presidente Helena Vaz Silva, ex-eurodeputada do Partido Social Democrata e vice-presidente Maria José Nogueira Pinto, antiga líder parlamentar do Partido Popular.

Helena Vaz Pinto disse que «vamos discutir a adaptação dos serviço público à situação actual do audiovisual», destinado «para já a um canal generalista», deixando em aberto o futuro do segundo canal da RTP, que o Governo quer extinguir ou privatizar.

«Tem que haver uma redefinição do serviço público de televisão», reforçou.

No seu discurso de tomada de posse a recém eleita presidente do Grupo de Trabalho referiu que «as nossas propostas terão de ser pragmáticas e corajosas, porque acreditamos que podemos e devemos ser veículos eficazes para a ruptura criativa que o momento exige».

Morais Sarmento, ministro da presidência, afirmou que «a tarefa (do Grupo) é reflectir e propor um conteúdo para um serviço público de televisão».

O ministro da presidência referiu ainda que «que daqui a dois meses será o ponto de partida para a restruturação (da RTP) que nos comprometemos», aquando o Conselho de Administração da televisão do Estados apresenta as contas da empresa auditadas.

Assumiram como vogais deste Grupo Cáceres Monteiro, José Rosa Falcão, Miguel Sousa Tavares, José Manuel Tavares de Almeida, Eduardo Cintra Torres, João David Nunes, José Alberto Correia Lopes, Luís Santos Osório, Nuno Rogeiro e Pedro Brandão Rodrigues.

Outras Notícias