Telecomunicações Guerra com Oi suspende votos da Pharol
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Guerra com Oi suspende votos da Pharol

Desde que o plano de recuperação foi aprovado em assembleia de credores, a guerra da direcção da Oi com o principal accionista, a Pharol, tem assumido novas escalas. O último golpe, desferido pela Oi, suspendeu os direitos de voto da empresa portuguesa.
Guerra com Oi suspende votos da Pharol
Alexandra Machado 08 de março de 2018 às 23:09

Pharol tem, para já, os seus direitos de votos na Oi suspensos. Esta é uma das consequências da guerra que desde que o plano de recuperação da operadora brasileira foi aprovado tem sido travada entre a Oi e a Pharol,

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado EUROPEU 09.03.2018

O que se poderia esperar dum negócio apadrinhado por Sócrates e Lula?

comentários mais recentes
J. SILVA 09.03.2018

O mercado de capitais em Portugal é uma ficção e os reguladoras são incompetentes, sem independência, não passam duns funcionários burocratas, os pequenos acionistas são descartados. Tem qualquer sentido o Palha ganhar cerca de 30000€/mês e ainda é administrador da OI. O salário/hora é escandaloso.

Anónimo 09.03.2018

O Chefe Silva deve perceber mais de Culinária do que de negócios!
De qualquer das maneiras recomendo sempre Rennie, para a azia, ou então comprar as ações da Pharol que estão em divida! Bom fds!

J. SILVA 09.03.2018

Para os acionistas da PHAROL esta guerra não tem sentido e é muito prejudicial. Se o Palha, com 27%, não teve competência para influenciar o plano judicial, agora nada há a fazer, quem mandam são os credores e está tudo decidido. As lágrimas de crocodilo é má consciência para justificar as mordomias

anónimo 09.03.2018

Nota-se bem o desespero dos curtos na Pharol. É cada comentário !
Aguardem, pois logo, logo, vamos assistir ao maior foguete dos últimos anos! Aguardem !

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub