Banca & Finanças Haitong: venda de subsidiária irlandesa pode gerar perda ou ganho de meio milhão

Haitong: venda de subsidiária irlandesa pode gerar perda ou ganho de meio milhão

O Haitong Bank anunciou no início da semana a assinatura de um contrato de venda da sua operação na Irlanda até ao final do ano, por 12 milhões de euros. Hoje, em adenda, comunicou que esta transação pode gerar uma mais-valia ou perda de 500 mil euros.
Haitong: venda de subsidiária irlandesa pode gerar perda ou ganho de meio milhão
Pedro Catarino/Correio da Manhã
Negócios 02 de outubro de 2019 às 18:09

O Haitong Bank celebrou na segunda-feira, 30 de setembro, um contrato de compra e venda de ações com a sua empresa-mãe, Haitong International Holdings Limited (HIH), integralmente detida pela Haitong Securities.

 

Este contrato celebrado pelo Haitong Bank visa transmitir à HIH a totalidade das ações representativas do capital social da sua subsidiária irlandesa, a Haitong Investment Ireland (HIIP). Ou seja, o negócio da Irlanda acaba por permanecer dentro do grupo, mas sai do perímetro de consolidação do Haitong Bank.

 

O preço de venda da HIIP é de 12 milhões de euros, comunicou então Haitong, estimando que a transação não teria impacto material nas demonstrações financeiras relativas ao exercício de 2019.

 

Hoje, num outro comunicado divulgado junto da CMVM, o Haitong Bank fez uma adenda, dizendo que esta venda "terá uma potencial perda ou ganho no intervalo de -500 mil euros e +500 mil euros, tendo em consideração uma transação levada a cabo pelo montante indicado e dependente do Valor do Ativo Líquido (NAV) da HIIP apurado à data da conclusão da venda".

 

"De notar no entanto que estes valores correspondem apenas a um intervalo indicativo e estão sujeitos a ajustes no âmbito dos procedimentos de ‘due diligence’", acrescenta.

 

O Haitong Bank reitera também que prevê que o processo de venda seja concluído antes do final deste ano. "As potenciais perdas ou ganhos apenas serão refletidos nas contas do banco quando se materializarem", refere no comunicado.

 

"Uma vez concluída a transação, a qual está sujeita às habituais condições precedentes e à não-oposição dos stakeholders relevantes, a HIIP será excluída do perímetro de consolidação do Haitong Bank", dizia o comunicado do início desta semana.

 

O antigo BES Investimento sublinha que esta transação se insere no âmbito de uma reestruturação societária do Grupo Haitong (constituído pela Haitong Securities Co., Ltd. e suas subsidiárias, nas quais se contam a HIH, HIIP e o Haitong Bank), "cujo objetivo consiste na simplificação da estrutura societária do Haitong Bank".

 

O banco destaca ainda que, com esta operação, haverá um aumento de disponibilidade de ativos ponderados pelo risco (RWA) bem como a redução de créditos não produtivos (NPL) expressos no balanço do Haitong Bank, melhorando o rácio de NPL de 20,7%

para 4,6%.

 

Assim, depois de ter vendido as sucursais em Londres e Nova Iorque, o Haitong Bank vai agora libertar-se da subsidiária na Irlanda, de maneira a simplificar a estrutura e melhorar a qualidade dos ativos do grupo.

 

Esta pretensão já tinha sido anunciada no passado dia 24 de setembro, no relatório e contas do Haitong Bank relativo ao primeiro semestre deste ano.

 

Esta venda é anunciada numa altura em que o banco se prepara para abrir uma nova sucursal em Macau, tendo já obtido a autorização do Banco de Portugal. "Esta autorização é um passo crucial para o desenvolvimento da estratégia do banco no futuro, uma vez que esta sucursal irá promover o fluxo de negócios transfronteiriços", afirmava na passada semana o Haitong, notando que ficava ainda a faltar o "ok" das autoridades locais.

 

Quanto ao programa de European Medium Term Notes (EMTN - emissão de obrigações de médio prazo) do Haitong Bank e da HIIPP, no valor de 2,5 mil milhões de euros, este "não foi atualizado e está atualmente a cumprir o seu plano regular de amortização, cuja exposição será significativamente reduzida em 2020 (dos atuais 79,3 milhões de euros em dívida para 9,6 milhões de euros no final do ano de 2020)", referia o comunicado de há dois dias.

 

O novo acionista da HIIP estará mais próximo da empresa-mãe do Grupo Haitong e o Keep Well Agreement subscrito pelo Haitong Bank manter-se-á vigente nos termos expressos nos documentos do programa EMTN, acrescentou.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI