Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Hidrocantábrico investe 800 milhões para aumentar produção; aposta gás natural

A Hidrocantábrico, eléctrica espanhola controlada pela Electricidade de Portugal, vai investir 800 milhões de euros para aumentar a sua capacidade de produção e pretende apostar no gás natural, onde quer ser a segunda do sector, disse Francisco Sánchez.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 07 de Março de 2003 às 18:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Hidrocantábrico, eléctrica espanhola controlada pela Electricidade de Portugal, vai investir 800 milhões de euros para aumentar a sua capacidade de produção e pretende apostar no gás natural, onde quer ser a segunda do sector, disse Francisco Sánchez, em entrevista à agência Lusa.

O presidente da EDP [EDP] afirma que os 800 milhões de euros serão aplicados até 2008, na construção de duas centrais de ciclo combinado e do reforço da produção de energia eólica.

Os investimentos serão financiados pelo «cash flow» libertado pela própria Hidrocantábrico, indicador que em 2002 somou 252 milhões de euros, mais 36% que no período homólogo.

Dos 800 milhões de euros que a empresa prevê investir, metade será aplicado nas duas centrais, que deverão entrar em funcionamento em 2005 ou 2006. os restantes 400 milhões serão investidos em parques eólicos com capacidade de entre 400 a 500 megawatts.

Sánchez classifica como histórico os resultados apresentados pela empresa Hidrocantábrico em 2002, com os lucros a subirem 48%, destacando que a empresa reforçou a sua quota de mercado em dois pontos percentuais, para 8%.

A EDP e a Cantábrico, em conjunto, detém agora uma quota de mercado de 21% na Península Ibérica, perto do objectivo de 25%.

O presidente da EDP destacou ainda que quer apostar no negócio de gás natural em Espanha, através da Hidrocantábrico.

A companhia espanhola concorreu à privatização da empresa de gás natural basca Naturcorp, e caso vença o concurso, poderá triplicar o número de clientes para 450 mil e passar para o segundo lugar do sector em Espanha.

«Estamos confiantes na nossa proposta», acrescentou a mesma fonte.

A EDP fechou hoje a subir 0,71% para os 1,42 euros.

Ver comentários
Outras Notícias