Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Hotel Ritz de Madrid vendido por 132 milhões de euros

Um consórcio, formado pela família saudita Olayan e pelo grupo hoteleiro chinês Mandarin, acordou a compra do hotel Ritz de Madrid por 132 milhões de euros à investidora Alicia Koplowitz e ao grupo hoteleiro Belmond.

David Santiago dsantiago@negocios.pt 22 de Maio de 2015 às 10:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O hotel Ritz de Madrid foi vendido por um montante de 132 milhões de euros. De acordo com a imprensa espanhola, o comprador resulta de um consórcio formado entre uma família saudita e um grupo hoteleiro chinês. Assim, os nomes da família Olayan e do grupo Mandarin passaram a constar do registo predial do Ritz de Madrid.

 

O Expansión escreve que será a cadeia Mandarin a ficar responsável pela gestão do hotel madrileno de cinco estrelas. E além dos 132 milhões de euros que serão pagos aos donos do hotel, a investidora Alicia Koplowitz e o grupo hoteleiro Belmond, o consórcio Olayan-Mandarin vai ainda investir entre 50 e 60 milhões de euros para promover obras de recuperação no Ritz.

 

O objectivo dos compradores passa por colocar novamente o hotel Ritz entre a elite dos hotéis madrilenos, convertendo-o, nomeadamente, no principal rival do Four Seasons, que está ainda em construção.

 

Este valor de 130 milhões de euros é próximo daquele que foi investido em 2003 pelos até agora donos do hotel de 137 quatros e 30 suites. O El Mundo refere, portanto, que esta empresária espanhola Alicia Koplowitz, cuja participação no Ritz era feita através do seu fundo de investimento, Omega Capital, e o grupo hoteleiro Belmond, sediado em Londres, vão poder recuperar o investimento de 125 milhões de euros feito na compra de do hotel.

 

 

Ver comentários
Saber mais Ritz Mandarin Alicia Koplowitz Belmond Olayan Omega Capital turismo
Outras Notícias