Automóvel IMT antecipa abertura de mais 26 centros de inspecção automóvel

IMT antecipa abertura de mais 26 centros de inspecção automóvel

O presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes antecipa que o número de centros de inspecção em Portugal, actualmente 208, possa chegar aos 250.
IMT antecipa abertura de mais 26 centros de inspecção automóvel
Nuno Fernandes Veiga/Correio da Manhã
Maria João Babo 28 de fevereiro de 2018 às 12:49

O presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), Eduardo Feio, afirmou esta quarta-feira, 28 de Fevereiro, no Parlamento que na sequência dos concursos lançados em 2013 para a abertura de novos centros de inspecção automóvel "ainda podem abrir 26".

O responsável recordou que foram 75 os contratos novos, tendo aberto cerca de 40. Na altura, disse, 11 desistiram, o que significa que "ainda podem abrir 26 centros novos".

A rede de centros de inspecção, que é actualmente composta por 208, "provavelmente terá mais 26 a prazos, e mais alguns se situações de litigância  foram resolvidas", afirmou o responsável, admitindo que o número venha a chegar aos 240 ou 250 centros.


Na comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, onde foi ouvido sobre os centros de inspecção automóvel, a requerimento do PSD, e sobre atrasos na emissão de matrículas automóveis, a requerimento do CDS-PP, Eduardo Feio garantiu que o IMT tem fiscalizado todos os centros, avançando com os números das acções realizadas.

Segundo disse, em 2015 foram feitas 584 acções de fiscalização, em 2016 586 e em 2017 761, que deram origem, acrescentou, a quase uma centena de autos.


Relativamente a processos judiciais em curso, na sequência da decisão do IMT de encerrar 14 centros de inspecção, que deram origem a providências cautelares, o responsável  disse que os centros estão a funcionar e que os processos estão agora pendentes da acção principal.




pub